JBS tem prejuízo líquido de R$ 133,5 mi no 3º tri


A JBS teve prejuízo no terceiro trimestre, uma vez que efeitos cambiais e da adesão a um programa de incentivo fiscal ofuscaram o aumento das receitas no período. A maior processadora de carne do mundo anunciou nesta terça-feira que teve prejuízo líquido de R$ 133,5 milhões entre julho e setembro, ante lucro de R$ 323 milhões no mesmo período de 2017.

LEIA MAIS: PF prende empresário Joesley Batista pela Lava Jato

A receita líquida somou R$ 49,4 bilhões, alta de 20,1% ante mesma etapa de 2017, com destaque das operações no Brasil, que tiveram expansão de 37,2%. Já o resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado, cresceu 2,6% ano a ano, para R$ 4,43 bilhões. A margem Ebitda caiu 1,5 ponto percentual, para 9%.

Analistas, em média, esperavam para a JBS prejuízo líquido de cerca de R$ 906 milhões e Ebitda de cerca de R$ 4 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

No fim de setembro, a dívida líquida da companhia somava R$ 49,5 bilhões. Embora fosse cerca de R$ 4 bilhões superior em 12 meses, a alavancagem medida pela relação dívida/Ebitda caiu de 3,42 para 3,38 vezes no período quando medida em reais. Em dólares, a relação caiu de 3,45 para 2,99 vezes.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).