Lucro da Sabesp cai 37% e vai a R$ 565,2 mi

O lucro líquido da Sabesp no terceiro trimestre foi de R$ 565,2 milhões

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo registrou um lucro líquido de R$ 565,2 milhões no terceiro trimestre, queda 37,2% em relação ao mesmo período do ano passado, em meio a perdas com a variação cambial e crescimento das despesas acima da receita.

LEIA MAIS: Lucro líquido da Sabesp cai para R$ 580,4 mi no 1º tri

O resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado recuou 1,5%, para R$ 1,435 bilhão, com margem de 37,6% ante 41,2% no mesmo período do ano passado, disse a Sabesp ontem (8) no final do dia.

A receita operacional líquida, no qual considera a receita de construção, subiu 7,8%, para R$ 3,8 bilhões, enquanto os custos e despesas subiram 13%, para R$ 2,72 bilhões. Desconsiderando os valores gastos em construção, os custos e despesas subiram 17,5%.

Já a receita operacional bruta, que não considera a receita de construção, subiu 11,1%, para R$ 3,33 bilhões, devido aos reajustes tarifários concedidos em novembro do ano passado (7,9%) e em junho deste ano (3,5%)

“O aumento ocasionado pelos fatores acima foi atenuado pelo maior reconhecimento de perdas estimadas com créditos de liquidação duvidosa referente às vendas no atacado no 3º trimestre, no montante de R$ 42,7 milhões, decorrente principalmente da menor receita com o município de Guarulhos”, disse a Sabesp.

O resultado financeiro ficou negativo em R$ 262,8 milhões, ante resultado positivo de R$ 223 milhões no 3º trimestre do ano passado, devido principalmente ao impacto da desvalorização do real frente ao dólar no endividamento da empresa.

VEJA TAMBÉM: Sabesp recebe autorização para reajustar tarifas

“O efeito nas variações monetárias e cambiais líquidas no 3º trimestre foi de R$ 435,1 milhões, superior aos valores do 3º trimestre”, disse a Sabesp.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).