MRV vê potencial para vendas populares de R$ 2,9 bi

Nacho Doce/Reuters
Prédio residencial em construção em São Paulo

A construtora MRV afirmou ver potencial de vendas (VGV) de R$ 2,9 bilhões após o Conselho Curador do FGTS aprovar suplementação de R$ 500 milhões em subsídio para o Minha Casa Minha Vida.

LEIA MAIS: 

“Com esse valor, será possível dar continuidade às contratações da faixa 2 do Minha Casa Minha Vida, com potencial estimado de R$ 2,9 bilhões de VGV e 21 mil unidades”, afirmou a construtora em comunicado ao mercado.

“Continuamos focados na nossa estratégia de atuação e expansão da atividade no segmento de baixa renda, e reforçamos nossa confiança na sustentabilidade do programa MCMV através da utilização dos recursos do FGTS”, acrescentou a companhia.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).