Relógio de pulso “Asprey” é vendido por US$ 3,8 mi

Reuters
Peça de pulso vintage estabelece novo recorde de preço

Um relógio de pulso vintage único foi arrematado por 3,91 milhões de francos suíços (US$ 3,88 milhões) em um leilão realizado hoje (13) em Genebra, segundo a casa Sotheby’s, estabelecendo um novo recorde mundial de preço de venda após uma série frenética de lances de oferta pela peça.

LEIA MAIS: Hublot lança relógio para comemorar 10 anos do Bitcoin

Feito em 1952 pela Patek Philippe e comprado quatro anos depois na Asprey’s – o único do tipo que a loja londrina já vendeu em toda sua história – o relógio suíço é um cronógrafo e calendário perpétuo.

“The Asprey” foi a estrela entre 250 relógios de pulso e de bolso, incluindo peças Cartier, Rolex e Vacheron Constantin, apresentadas no bloco do leilão semianual.

O vendedor anônimo de hoje comprou a peça em 2006 pelo então preço recorde de 2,2 milhões de francos suíços (valor equivalente hoje a US$ 2,21 milhões). Desta vez, a estimativa anterior à venda era de que a peça levantasse entre US$ 2 milhões e US$ 4 milhões.

A identidade do comprador não foi conhecida imediatamente, mas a arrematante foi uma jovem mulher asiática que vestia jeans rasgados e estava sentada no fundo da sala de vendas falando ao celular em chinês.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).