Tencent tem lucro acima das estimativas, de US$ 3,3 bi

Forbes
A Tencent informou que as receitas de videogames para smartphones cresceram 7% na comparação ano a ano e 11% no comparativo trimestral

A Tencent Holdings disse hoje (14) que seu lucro líquido no terceiro trimestre subiu 30%, superando as estimativas, com os ganhos com investimentos compensando o fraco desempenho do principal negócio de videogame da empresa.

LEIA MAIS: Demanda doméstica puxa lucro da Braskem no 3º tri

O lucro líquido do maior grupo de jogos digitais e mídia social da China no trimestre encerrado em setembro subiu para 23,3 bilhões de iuanes (US$ 3,3 bilhões), ante uma estimativa média de 19,32 bilhões de iuanes (US$ 2,7 bilhões), de acordo dados I/B/E/S da Refinitiv.

A receita subiu 24%, para 80,6 bilhões de iuanes (US$ 11,59 bilhões), o menor crescimento trimestral em mais de três anos, em linha com as estimativas.

A China, o maior mercado de jogos do mundo, vem impondo regras mais duras à indústria, incluindo a suspensão de novas aprovações para videogames desde março e apelos para combater o vício em jogos dos jovens. Isso contribuiu para que a Tencent registrasse sua primeira queda trimestral no lucro em mais de uma década no segundo trimestre.

As ações da Tencent, que mais que dobraram em 2017, caíram cerca de um terço até o momento neste ano, eliminando cerca de US$ 165 bilhões em valor de mercado da empresa.

No terceiro trimestre, a companhia se beneficiou principalmente de um ganho líquido quase duas vezes maior com suas atividades de investimentos, incluindo a oferta pública inicial da Meituan Dianping, plataforma online de serviços de ingressos e entrega de comida.

VEJA TAMBÉM: BR Malls tem alta de 12% no lucro ajustado do 3º tri

A Tencent informou que as receitas de videogames para smartphones cresceram 7% na comparação ano a ano e 11% no comparativo trimestral, para 19,5 bilhões de iuanes, principalmente devido às contribuições de novos jogos. Apesar do congelamento das aprovações, a Tencent já possuía 15 aprovações e liberou 10 títulos no trimestre, segundo o documento.

A receita de publicidade, que responde por 20% da receita total da empresa, cresceu 47%, apoiada por um aumento de 61% nas propagandas em mídias sociais e outras.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).