BC autoriza XP a se tornar banco

Getty Images
Com a licença, a instituição poderá oferecer empréstimos colaterais e antecipação de investimentos com vencimento mais longo

O Banco Central informou hoje (19) que autorizou a constituição do Banco XP, um banco múltiplo com carteiras comercial e de investimento.

LEIA MAIS: Cade aprova compra de fatia da XP Investimentos por Itaú

A autorização, concedida no último dia 13, permite o funcionamento do banco tão logo sejam atendidas pela instituição outras exigências definidas na regulamentação, informou o BC.

Nos últimos meses, veículos de mídia têm veiculado que a XP Investimentos planejava lançar ainda neste um ano um banco completo, enquanto se prepara para listar ações no pregão eletrônico Nasdaq, em Nova York.

A decisão do BC vem cerca de quatro meses depois de a própria autoridade monetária ter aprovado a compra de participação da XP Investimentos pelo Itaú Unibanco, porém criando entraves para o controle do grupo pelo banco pelo menos até 2026.

Uma fonte familiarizada com a XP afirmou que, com a licença, a instituição poderá oferecer empréstimos colaterais e antecipação de investimentos com vencimento mais longo. A previsão para início das operações é na segunda metade de 2019, informou a fonte, sob condição de anonimato.

Já está no disponível no aplicativo ForbesBrasil a edição 64 com a lista Under30.
Baixe o app na Play Store ou na App Store.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).