Elon Musk lança túnel de alta velocidade subterrâneo

Reuters
Ontem, Musk disse que preço total do trecho acabado foi em torno de US$ 10 milhões

O empresário bilionário Elon Musk fez uma breve aparição pública na noite de ontem (18) para revelar o primeiro túnel concluído pelo empreendimento de trânsito subterrâneo que ele lançou há dois anos como uma ambiciosa solução para o tráfego congestionado de veículos de Los Angeles.

LEIA MAIS: Elon Musk afirma que Tesla quase foi à falência

No lançamento, o bilionário elogiou o recém-finalizado segmento de túnel de 1,83 quilômetro de comprimento e 3,7 metros de diâmetro como um avanço na tecnologia de baixo custo e escavação rápida que está sendo lançada pela Boring Company, fundada por ele.

O executivo anunciou o túnel conceito como um primeiro passo para o desenvolvimento de uma rede subterrânea de alta velocidade capaz de deslocar veículos e pedestres abaixo do trânsito “destruidor de almas” da segunda maior cidade dos Estados Unidos a até 240 quilômetros por hora. Mas o sistema tem um longo caminho a percorrer antes de virar realidade.

Musk, mais conhecido como chefe da montadora de carros elétricos Tesla, lançou sua incursão em transporte público depois de reclamar no Twitter em dezembro de 2016 que o tráfego de Los Angeles o estava “deixando louco”, e prometeu então “construir uma máquina para começar a cavar”.

Ontem, Musk disse que preço total do trecho acabado foi em torno de US$ 10 milhões, incluindo o custo de escavação, infraestrutura interna, iluminação, ventilação, sistemas de segurança, comunicações e a pista.

VEJA TAMBÉM: Tesla abre licitação para erguer fábrica na China

Em comparação, ele disse que cavar pouco menos de 2 quilômetros de túnel por métodos de engenharia tradicionais custa até US$ 1 bilhão e leva de três a seis meses para ser concluído.

Musk não disse quanto tempo demorou para escavar seu novo túnel, que acabou sendo cerca de 3 quilômetros menor do que a autorização pedida por sua empresa.

O executivo também apresentou vídeos de uma estação elevatória projetada para transportar passageiros do nível da rua até a entrada subterrânea do túnel. Quando estiver totalmente operacional, o sistema “loop”, como prevê Musk, consistirá de plataformas para transportar automóveis e passageiros em alta velocidade pelos túneis por meio de energia elétrica.

Em junho, a Boring Company foi selecionada por Chicago para construir um sistema subterrâneo de transporte conectando o centro da cidade norte-americana a seu principal aeroporto.

Já está no disponível no aplicativo ForbesBrasil a edição 64 com a lista Under30.

Baixe o app na Play Store ou na App Store.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).