Nos EUA, mais de 300 vítimas de salmonela made in JBS

Reuters
JBS Tolleson recolheu 12,1 milhões de libras de produtos de carne bovina

Cerca de 330 pessoas foram infectadas com salmonela ligada a produtos de carne bovina da JBS Tolleson, informou o braço norte-americano da JBS , segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), órgão americano semelhante à Anvisa. Desde o dia 15 de novembro, 87 pessoas adoeceram, com 32 hospitalizadas, disse o CDC, elevando o número total de Estados norte-americanos que notificaram casos para 28. Ao todo, 91 pessoas foram hospitalizadas desde que as doenças foram relatadas pela primeira vez em 5 de agosto, mas nenhuma morte foi anunciada.

LEIA MAIS: JBS adere a programa de renegociação de dívidas

A JBS Tolleson, produtora de carnes do Arizona, recolheu cerca de 12,1 milhões de libras de produtos de carne bovina que foram vendidos em mais de 100 varejistas, incluindo a Kroger e o WalMart, que podem ter sido contaminados com salmonela.

A salmonela pode causar febre, diarreia e dor abdominal, e pode ser fatal para crianças pequenas, idosos e pessoas com sistema imunológico comprometido.

A JBS Tolleson já havia sido forçada a retirar quase 35.500 libras de carne moída crua em maio, após um consumidor encontrar pedaços de plástico rígido azul na carne, de acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).