Eletrobras: demissões para poupar R$ 574 mi ao ano

Pilar Olivares/Reuters
Nova rodada do Plano de Demissão Consensual será aberta em 21 de janeiro

A estatal Eletrobras informou que a nova rodada de seu Plano de Demissão Consensual será aberta em 21 de janeiro e terá como objetivo gerar uma economia anual de R$ 574 milhões.

LEIA MAIS: Eletrobras vende distribuidora e assume R$13 bi em dívida

A elétrica disse que a meta é o desligamento de 2.187 funcionários, o que geraria um custo de 731 milhões de reais com as demissões. O prazo para adesão será de 30 dias e o plano será implementado na holding e em controladas incluindo Chesf, Eletronorte, Eletrosul e Furnas.

A Reuters havia publicado mais cedo nesta quinta-feira sobre a intenção da estatal em lançar um novo programa de demissões ainda em janeiro, visando desligar funcionários principalmente da área administrativa.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).