Governo não deve interferir em preços de combustíveis

Ricardo Moraes/Reuters
Ministro de Minas e Energias também falou que valores devem ser “razoáveis”

O novo governo não vai interferir em preços de combustíveis no Brasil, disse hoje (7) o ministro de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque, acrescentando que as cotações do produto precisam ser “razoáveis” para os consumidores.

LEIA MAIS: Castello Branco será presidente da Petrobras no governo Bolsonaro

Durante cerimônia de posse do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, o ministro destacou ainda que é preciso “perfeita sintonia” entre remuneração de empresas de combustíveis e preços dos produtos para a sociedade.

Ele ressaltou que o Brasil precisa se preparar para ampliar oferta de gás diante de demanda por energias mais limpas.

Já está no disponível no aplicativo ForbesBrasil a edição 64 com a lista Under30.
Baixe o app na Play Store ou na App Store.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).