Uber suspende serviço em Barcelona

Getty Images
Motoristas de táxi bloqueiam o trânsito e protestam contra a Uber em Madri, Espanha.

A Uber anunciou hoje (31) suspensão de serviço em Barcelona depois que o governo local aprovou normas que limitam como as empresas do setor operam na cidade, em uma decisão que também fez a rival espanhola Cabify suspender suas atividades na região.

LEIA MAIS: Rival da Uber transporta clientes em carros de luxo dourados

Entre as medidas tomadas pelo governo catalão está a regra que determina que as empresas de transporte por aplicativo somente poderão recolher passageiros depois de um atraso de, pelo menos, 15 minutos em relação ao horário que eles fizeram o pedido do carro.

“As novas restrições aprovadas pelo governo catalão nos deixa sem escolha além de suspender o UberX enquanto avaliamos nosso futuro em Barcelona”, afirmou um porta-voz da companhia norte-americana. “Estamos comprometidos em ser um parceiro de longo prazo para as cidades espanholas e esperamos trabalhar com o governo catalão e com a câmara da cidade sobre uma regulamentação justa para todos.”

A empresa de transporte por aplicativo começou a oferecer o serviço UberX em março do ano passado. As novas regulamentações foram impostas após pressão dos motoristas de táxi da cidade, que promoveram protestos em Barcelona e continuam em greve em Madri.

Os taxistas da capital ampliaram o protesto nesta semana ao bloquearem uma das principais artérias da cidade. As licenças para motoristas de aplicativos na Espanha são concedidas por autoridades locais e até agora o governo de Madri tem dito que não vai adotar as mesmas restrições decididas por Barcelona.

A Unauto VTC, uma associação de companhias de transporte na Espanha, afirmou que a decisão de Barcelona coloca em risco três mil empregos. A Uber não informou quantos motoristas trabalham para a empresa na cidade.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).