Moody’s reduz rating da Vale após caso Brumadinho

Reuters
O rebaixamento, segundo a agência, reflete a elevação dos riscos de crédito após o colapso da barragem

A agência de classificação Moody’s cortou hoje (27) o rating global atribuído à mineradora Vale de “Baa3” para “Ba1”, com perspectiva negativa, e retirou o grau de investimento da companhia depois do rompimento mortal de uma de suas barragens em Brumadinho (MG), em janeiro.

LEIA MAIS: Brumadinho: Vale acorda valor emergencial a afetados

O rebaixamento, segundo a agência, reflete a elevação dos riscos de crédito após o colapso da barragem e as “consideráveis incertezas associadas ao impacto total e implicações de longo prazo deste desastre social e ambiental sobre o perfil de crédito da Vale como um todo”.

“Embora a posição financeira robusta da Vale ofereça uma grande folga em relação aos potenciais impactos financeiros, o acidente eleva as preocupações dos pontos de vista social e de governança corporativa, uma vez que ocorreu um pouco mais de três anos após o colapso da barragem da Samarco”, afirmou.

O rating anterior era o último grau de investimento na escala da agência.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).