Previsão de vendas da Nvidia supera expectativas

A receita da Nvidia foi de US$ 11,7 bilhões no atual ano fiscal

A fabricante de chips Nvidia anunciou ontem (14) que as vendas para o atual ano fiscal superaram as expectativas de Wall Street.

LEIA MAIS: Nvidia avança em inteligência artificial

A companhia sediada em Santa Clara, Califórnia, disse que espera que as receitas para o ano fiscal de 2020 sejam “iguais ou ligeiramente menores” em relação aos US$ 11,7 bilhões registrados no recém-encerrado ano fiscal. A previsão supera a receita de US$ 10,8 bilhões esperada pelos analistas, segundo dados do IBES da Refinitiv.

A Nvidia fornece chips para computadores gamers e para inteligência artificial.

O ano fiscal que acabou de terminar foi o melhor da história da Nvidia, com vendas 21% acima ante o ano anterior, mas acabou com o que o presidente-executivo Jensen Huang chamou de “final decepcionante”.

Ao longo do ano fiscal, a demanda por chips para mineração desapareceu e uma desaceleração na China prejudicou as vendas da Nvidia.

A empresa cresceu a um ritmo acelerado nos últimos anos, mas uma desaceleração na China e o enfraquecimento da moda de criptmoedas começaram a pesar sobre suas vendas. A receita total do quarto trimestre caiu para US$ 2,21 bilhões, de US$ 2,91 bilhões, mas ficou acima da estimativa já baixa de US$ 2,20 bilhões.

O lucro líquido da empresa caiu para US$ 567 milhões, ou US$ 0,92 por ação, no quarto trimestre encerrado em 27 de janeiro, de US$ 1,12 bilhão, ou US$ 1,78 por ação, um ano antes. Excluindo itens, a Nvidia ganhou US$ 0,80 por ação, acima das estimativas dos analistas de US$ 0,75.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).