Ultimate Software é vendida por US$ 11 bi

Getty Images
Grupo de investidores será o novo dono da desenvolvedora de aplicativos

A Ultimate Software, uma desenvolvedora de aplicativos de recursos humanos em nuvem, anunciou hoje (4) que aceitou ser comprada por um grupo de investidores liderados pela empresa de capital privado Hellman & Friedman por cerca de US$ 11 bilhões.

LEIA MAIS: Como ajudar empresas a construir seu próprio software

O grupo de investidores também inclui o Blackstone Group LP, o GIC Pte, o fundo de pensão canadense CPPIB e o JMI Equity.

O acordo será majoritariamente financiado com ações, usando quantidade relativamente pequena de dívida em comparação com as aquisições tipicamente alavancadas, disseram pessoas a par do assunto.

O financiamento da dívida para o acordo foi fornecido pelos bancos de investimento Credit Suisse e Nomura , disseram.

O lucro da Ultimate Software antes de juros, impostos depreciação e amortização (Ebitda) é de cerca de US$ 300 milhões por ano, acrescentaram as fontes.

Os desenvolvedores de software de RH estão se beneficiando da crescente tendência das empresas de migrar para aplicativos baseados em nuvem para gerenciar sua folha de pagamento e recursos humanos.

VEJA TAMBÉM: A história da gigante de software de US$ 1 bilhão

O mercado, conhecido como gerenciamento de capital humano na nuvem, deverá atingir US$ 22,17 bilhões em 2023, segundo um relatório da Allied Market Research.

A Hellman & Friedman já havia adquirido a Kronos, desenvolvedora de softwares de gestão de recursos humanos, em 2007, por US$ 1,8 bilhão. A Blackstone também possui a plataforma de RH Alight Solutions LLC.

Após a conclusão do negócio, a Ultimate Software será administrada por sua equipe atual, liderada pelo executivo-chefe Scott Scherr.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).