Vendas do iPhone na China caem 20% no 4º trimestre

Getty Images
Os números do relatório mostraram uma queda de 19,9% nos smartphones da Apple no último trimestre de 2018, enquanto os da Huawei cresceram 23,3%.

As vendas de iPhones na China caíram 20% no quarto trimestre, enquanto as dos smartphones fabricados pela rival Huawei cresceram 23%, segundo dados da pesquisa setorial da empresa IDC divulgados hoje (11).

LEIA MAIS: Apple proíbe Facebook de rastrear iPhones

O relatório é o primeiro a dar a dimensão do declínio recente das vendas da Apple na segunda maior economia do mundo, depois que o presidente Tim Cook apontou a China como um grande fator em um corte raro na previsão trimestral de vendas da companhia, no mês passado.

A Apple não detalha os números de remessas de iPhone em seus resultados trimestrais, o que significa que pesquisas e verificações de canais feitas por empresas como a IDC costumam ser o indicador mais claro de mudanças nas vendas.

Os números do relatório mostraram uma queda de 19,9% nos smartphones da Apple no último trimestre de 2018, enquanto os da Huawei cresceram 23,3%. Isso reduziu a participação de mercado da Apple para 11,5%, ante 12,9% um ano antes, segundo o relatório.

“Além das atualizações regulares de desempenho em 2018 e pequenas mudanças no exterior, não houve grandes inovações que apoiassem os usuários a continuar mudando seus telefones por um preço muito alto”, disse o relatório.

Um levantamento separado de outra fonte comum da indústria, a Counterpoint, de Hong Kong, confirmou no início deste mês uma queda acentuada similar nas vendas na Índia – outro grande mercado emergente em que a Apple está com dificuldades.

A Countpoint disse que as vendas do iPhone no trimestre, que incluem o festival de Diwali, com vendas pesadas na Índia, caíram 25% no ano, reduzindo as vendas totais em 2018 para 1,7 milhão de unidades ante 3,2 milhões um ano antes.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).