Avon discute venda para Natura, diz “WSJ”

Reuters
A Avon considera uma venda para a Natura

A fabricante de cosméticos Avon Products, que passou por uma cisão três anos atrás, considera um acordo que a unificaria novamente, disse o “Wall Street Journal” hoje (22).

LEIA MAIS: Resultados da Avon decepcionam e ações desabam

Diretores da empresa discutiram uma venda para Natura e as conversas incluem um cenário em que a rival compraria o negócio agora privado da Avon na América do Norte, além da operação listada em bolsa, informou a reportagem, citando uma pessoa familiarizada com o assunto.

As negociações são preliminares e podem não resultar em um acordo, segundo o jornal.

“Nunca comentamos sobre esse tipo de especulação”, disse a porta-voz da Avon à Reuters por e-mail. “Seguimos firmemente focados em entregar a estratégia de transformação da Avon ‘Open Up’.”

A Natura não respondeu imediatamente ao pedido de entrevista.

Com sede em Nova York, a Avon vendeu uma fatia majoritária em seu negócio na América do Norte para o grupo de private equity Cerberus Capital em 2015, mantendo uma participação de quase 20%.

As ações da Avon chegaram a subir até 11% no pré-mercado.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).