Goldman Sachs elimina cargo de presidente no Brasil

Reuters
Maria Silvia Marques comandará a comissão consultiva do banco

O Goldman Sachs está reestruturando sua cadeia de comando no Brasil e decidiu eliminar o posto de presidente-executivo no país, informou hoje (14) o banco norte-americano.

LEIA MAIS: Goldman Sachs tem lucro de US$ 2,32 bi no 4º tri

Os copresidentes para América Latina Gonzalo Garcia e Ram Sundaram anunciaram que a atual presidente-executiva, Maria Silvia Marques, vai presidir a comissão consultiva do banco.

A mudança fará com que as atividades do Goldman Sachs no Brasil sejam dirigidas por um novo comitê executivo formado por seis membros: Paula Moreira, Daniel Motta, Juliano Arruda, Rodolfo Soares, Ricardo Bellissi e Ricardo Mourão.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).