Executivo Carlos Ghosn é preso pela 4ª vez

Reuters
Segundo NHK, detenção seria por suspeita de quebra de confiança

Promotores japoneses prenderam o ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn pela quarta vez, afirmou a emissora de televisão NHK, enquanto a mídia no Japão afirmou que as autoridades estão montando um novo caso contra ele sobre pagamentos feitos para uma concessionária em Omã.

LEIA MAIS: Ghosn usa Twitter para convocar coletiva de imprensa

Promotores prenderam Ghosn por suspeita de quebra de confiança, disse a emissora.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).