Tottenham registra lucro mundial recorde de £ 113 mi

Getty Images
A renda do Tottenham foi de £ 310 milhões esterlinas para o novo recorde de £ 380 milhões.

O Tottenham Hotspur teve um lucro mundial recorde de £ 113 milhões após impostos no ano passado, divulgou o time inglês hoje (4), um dia depois de inaugurar oficialmente seu estádio de 62 mil lugares.

LEIA MAIS: Clubes de futebol que mais geraram receita em 2018

Graças a um forte aumento de renda, resultante da venda de jogadores, da realização de partidas em Wembley e de bons resultados na Liga dos Campeões, o lucro do Tottenham ultrapassou as £ 106 milhões reportadas pelo Liverpool mais cedo neste ano.

O Tottenham se tornou o primeiro clube do Campeonato Inglês a não fazer nenhuma contratação na janela de transferência de verão do ano passado, e tampouco ampliou o elenco em janeiro.

O time deveria ter migrado para o novo estádio, cujo custo chegou a £ 1 bilhão, no início da temporada atual, mas uma série de atrasos o obrigou a sediar jogos em Wembley.

Embora a espera tenha sido frustrante, a capacidade maior de Wembley permitiu ao Tottenham vender cerca de 340 mil ingressos adicionais, segundo seu presidente, Daniel Levy.

A renda do Tottenham foi de £ 310 milhões esterlinas para o novo recorde de £ 380 milhões, e a renda de um dia de partida da liga inglesa foi de £ 19 milhões esterlinas para £ 42,6 milhões.

A renda do time na Liga dos Campeões também aumentou para £ 53 milhões depois que chegou às oitavas de final em 2017-2018. Nesta temporada a equipe alcançou as quartas de final e enfrentará o rival inglês Manchester City neste mês.

Mas o Tottenham, atualmente o terceiro na tabela, continua atrás de seus seis maiores adversários em termos de salários dos jogadores, gastando £ 147 milhões – cerca de metade do Manchester United e £ 100 milhões a menos que o Arsenal.

Embora tenha registrado lucros recordes, o time fez empréstimos altos para financiar a nova arena, aumentando sua dívida de £ 400 milhões iniciais para £ 537 milhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).