Bombardier criará divisão única de aviação

Reuters
A Bombardier vai abandonar as instalações de aeroestrutura em Belfast (foto) e Marrocos

A canadense Bombardier informou hoje (2) que vai unir as unidades corporativas e regionais de fabricação de jatos em uma única divisão de aviação, enquanto continua focando em seus negócios mais fortes, ao mesmo tempo em que abandona as instalações de aeroestrutura em Belfast e Marrocos.

LEIA MAIS: Ações da Bombardier caem quase 20%

O anúncio acontece antes de uma reunião geral anual no final do dia, em que a fabricante de trens e aviões deverá enfrentar questionamentos de investidores sobre se o plano de recuperação ainda está em andamento, já que sua unidade de transporte enfrenta atrasos nos contratos ferroviários.

A Bombardier divulgou hoje (2) a receita e lucro do primeiro trimestre, em linha com as expectativas revisadas emitidas há uma semana, quando cortou drasticamente as estimativas de lucro e receita para o ano todo.

A companhia reduziu a previsão de receita de transporte para o ano todo em quase 8%, para cerca de US$ 8,75 bilhões.

Além de criar uma única divisão de aviação liderada pelo presidente de aviões executivos, David Coleal, a empresa disse que vai consolidar seus cinco negócios de aeroestruturas para focar em instalações em Montreal, México e suas recém-adquiridas operações de jatos executivos do Global 7500 no Texas.

A Bombardier disse que continua esperando que o fluxo de caixa livre para o ano inteiro seja equilibrado, mais ou menos US$ 250 milhões, já que as entregas da aeronave Global 7500 e os principais projetos de transporte devem acelerar na segunda metade do ano.

Os lucros do núcleo ajustado aumentaram de US$ 1 milhão para US$ 266 milhões nos três meses até 31 de março, enquanto a receita caiu 13%, para US$ 3,52 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).