Google lança celular Pixel de US$ 399 nos EUA

Getty Images
Desde que chegou ao mercado três anos atrás, as vendas do Pixel têm sido baixas em relação a modelos vendidos por Apple e Samsung

O Google lançou versões mais baratas do smartphone Pixel hoje (7), com preços cerca de metade do valor de modelos atuais. A empresa também encerrou um acordo de distribuição exclusiva dos aparelhos junto à operadora norte-americana Verizon Communications, sinalizando uma grande mudança na estratégia de hardware da companhia.

LEIA MAIS: Google revela novo smartphone Pixel e lança tablet

Desde que chegou ao mercado três anos atrás, as vendas do Pixel têm sido baixas em relação a modelos vendidos por Apple e Samsung, que investem muito mais que o Google em promoção e distribuição de seus produtos.

O Google está agora agindo para reduzir essa diferença. O novo Pixel 3a tem preço de US$ 399 ante US$ 799 do Pixel 3 lançado ano passado. A versão mais barata do aparelho terá uma câmera frontal em vez de duas e não será compatível com carregamento de energia sem fio. O aparelho será vendido nos mesmos 13 países que o Pixel 3.

O lançamento do Pixel 3a foi feito no palco principal da conferência Google I/O, que reúne milhares de parceiros da empresa e é utilizada pela empresa para exibir novos produtos.

Analistas do setor disseram que o posicionamento de preço do novo Pixel torna o Google um competidor mais sério na indústria.

VEJA TAMBÉM: Google faz 10 eventos no mundo para lançar novo Pixel

Os modelos anteriores do Pixel atraíram críticas positivas de usuários relacionadas aos recursos de câmera e de inteligência artificial que superaram os de aparelhos rivais da Samsung e de outros fabricantes que utilizam o sistema operacional Android.

“Até agora, o Pixel era mais como um hobby que um negócio de fato”, disse Ben Wood, chefe de pesquisa da empresa de análise de mercado CCS Insight.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).