Jeff Bezos revela maquete de sonda espacial

Getty Images
A Blue Moon será capaz de transportar cargas para a superfície lunar

O empresário bilionário, Jeff Bezos, revelou ontem (9) uma maquete de um foguete lunar que está sendo construído por sua empresa de foguetes Blue Origin e divulgou seus objetivos lunares em uma estratégia para capitalizar o esforço renovado do governo dos Estados Unidos para estabelecer um posto no satélite em apenas cinco anos.

LEIA MAIS: Jeff Bezos: a pessoa mais rica do mundo

O homem mais rico do mundo e presidente-executivo da Amazon revelou o modelo de dois andares da sonda não tripulada apelidada de Blue Moon durante uma apresentação de uma hora no centro de convenções de Washington, a alguns quarteirões da Casa Branca.

A sonda será capaz de transportar cargas para a superfície lunar, instalar até quatro robôs menores e lançar satélites para orbitar a lua, disse Bezos à plateia, que incluiu autoridades da Nasa e possíveis clientes da Blue Moon.

O evento de Bezos acompanhou o anúncio do vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, em 26 de março de que a Nasa planeja construir uma plataforma espacial na órbita lunar e colocar astronautas norte-americanos no pólo sul da Lua até 2024, quatro anos antes do planejado anteriormente.

“Eu amo isso”, disse Bezos sobre a linha do tempo de Pence. “Nós podemos ajudar a cumprir essa linha do tempo, mas apenas porque começamos há três anos. É hora de voltar para a Lua, desta vez para ficar.”

Enquanto Bezos se esforça para elogiar a linha do tempo de Pence, o bilionário tem sido alvo de repetidas críticas do presidente norte-americano, Donald Trump, que se referiu a ele como Jeff “Bozo”. Bezos também é dono do “Washington Post”, que Trump tem frequentemente atacado em suas mensagens contra a imprensa.

VEJA TAMBÉM: Jeff Bezos dará US$ 35 bi em ações a MacKenzie

Em suas ambições lunares, no entanto, Trump e Bezos estão em harmonia. Trump, em 2017, fez do retorno à Lua uma alta prioridade para o programa espacial dos EUA, dizendo que uma missão para colocar astronautas do país de volta à superfície lunar estabeleceria uma base para uma eventual jornada para colocar humanos em Marte. Se reeleito no próximo ano, 2024 seria o último ano completo de Trump no cargo.

Em sua apresentação, Bezos revelou um modelo de um dos rovers propostos, aproximadamente do tamanho de um carrinho de golfe, e apresentou um novo motor de foguete chamado BE-7, que pode atingir 4.535 quilos de empuxo.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).