Linx pede registro para oferta de ações

Reuters
Solicitação foi feita simultaneamente no Brasil e nos EUA

A companhia de software para o varejo Linx informou hoje (29) que pediu registro para realizar uma oferta subsequente de ações, envolvendo lotes primário (papéis novos, cujos recursos vão para o caixa da companhia) e secundário (ações detidas por atuais sócios).

LEIA MAIS: Linx compra EZ Commerce por até R$ 67 mi

A transação deve ser realizada simultaneamente no Brasil e nos Estados Unidos, afirmou a empresa.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).