Ações da Slack sobem em estreia na bolsa

GettyImagres
Forte desempenho ajudou a validar modelo incomum de listagem direta usada pela empresa

As ações da Slack, plataforma de comunicação e mensagens para o local de trabalho, subiram quase 50% em sua estreia na bolsa ontem (20), avaliando a empresa em mais de US$ 23 bilhões.

VEJA TAMBÉM: Slack espera valer mais de US$ 10 bi em IPO

O forte desempenho ajudou a validar o modelo incomum de listagem direta que a empresa usou, além de ressaltar a demanda dos investidores por fabricantes de software de negócios. As ações fecharam em US$ 38,62, ante preço de referência de US$ 26 da Bolsa de Nova York.

A listagem direta da Slack se difere de um IPO tradicional, porque não levanta novos recursos. O pioneiro do método no ano passado foi o negócio de streaming de música Spotify.

O preço de negociação da Slack deu uma avaliação de mais de 50 vezes a receita. Esse múltiplo é menor do que para IPOs de outras empresas de tecnologia como a Zoom, de 88 vezes a receita, mas ainda é muito elevado, considerando que a Slack ainda não é lucrativa, disse Kathleen Smith, gerente de IPOs ETFs na Renaissance Capital. “Eles vão ter que fazer muita coisa para conseguir ter os fundamentos para justificar esse tipo de avaliação”, disse ela.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).