EUA e China podem ter trégua comercial antes de G20

Damir Sagolj/Reuters
Reunião oficial entre presidentes Trump e Xi em Pequim 09/11/2017

Os Estados Unidos e a China concordaram em buscar uma trégua em sua guerra comercial antes da reunião entre os líderes dos dois países na cúpula do G20 deste fim de semana, informou hoje (27) o “South China Morning Post”, citando fontes. Detalhes do acordo, que evitaria uma próxima rodada de tarifas sobre mais US$ 300 bilhões em produtos chineses, estão sendo preparados em comunicados à imprensa e serão divulgados de forma coordenada, e não em um comunicado conjunto, disse o jornal.

LEIA MAIS: China e EUA têm novo atrito com comércio e segurança

Segundo o “South China Morning Post”, o encontro do presidente chinês, Xi Jinping, com o norte-americano, Donald Trump, depende de os EUA concordarem com tal acordo, disseram fontes com conhecimento do assunto.

Trump deve se reunir com Xi em Osaka no sábado (horário local), disse um porta-voz da Casa Branca ontem. Também ontem, Trump afirmou que um acordo com Xi Jinping é possível neste fim de semana, mas que está preparado para adotar tarifas em praticamente todas as importações chinesas restantes se o dois países continuarem a discordar.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).