Índices da China fecham em alta com expectativas sobre comércio

Getty Images

A bolsa de valores chinesa fechou em alta hoje (19) uma vez que os Estados Unidos e a China devem retomar as negociações comerciais e confirmaram que os presidentes Donald Trump e Xi Jinping vão se reunir na cúpula do G20.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, terminou com alta de 1,32%, enquanto o índice de Xangai teve ganhos de 0,96%.

Expectativas de uma onda global de afrouxamento monetário por bancos centrais ampliavam o otimismo dos investidores.

Trump afirmou ontem que equipes dos dois lados iniciarão os preparativos para que os líderes se encontrem no G20 no Japão.

A confirmação do encontro de Trump e Xi levanta expectativas de uma melhora na guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo.

Analistas duvidam que um acordo será alcançado em Osaka, mas disseram que os sinais de avanço podem convencer Trump a continuar com as negociações e adiar mais tarifas sobre produtos chineses, que são esperadas para o início de julho.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,72%, a 21.333 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 2,56%, a 28.202 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,96%, a 2.917 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,32%, a 3.715 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,24%, a 2.124 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,97%, a 10.775 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 1,53%, a 3.288 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,19%, a 6.648 pontos.

 
Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).