JBS antecipa pagamento de R$ 2,7 bi de dívidas a bancos

Reuters
Saldo remanescente previsto no acordo de normalização ficou em R$ 6,3 bilhões

A JBS, maior produtora de carnes do mundo, anunciou hoje (19) que concluiu o pagamento de R$ 2,7 bilhões como parte de dívidas com bancos no Brasil.

LEIA MAIS: JBS está entre as 20 companhias que mais contaminam os oceanos

Em comunicado, a JBS afirmou que o pagamento reflete a estratégia de reduzir dívidas e estender o prazo médio de pagamento para 6,1 anos.

Com isso, o saldo remanescente das dívidas previstas no chamado acordo de normalização ficou em R$ 6,3 bilhões com Banco do Brasil, Banco da China, Bradesco e Santander, informou a companhia.

A JBS havia anunciado em maio de 2018 um acordo de normalização de dívida com bancos, que previa a manutenção de linhas de crédito de cerca de R$ 12,2 bilhões por 36 meses.

A companhia deveria começar a amortizar cerca de 25% do principal da dívida a partir de janeiro de 2019, até julho de 2021.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).