Startup de entregas Rappi se alia à Visa

Reuters
A aliança deve permitir à divisão de serviços financeiros avançar

A startup colombiana de entregas Rappi firmou uma parceria com a Visa para oferecer um cartão pré-pago conectado à carteira digital do aplicativo no Brasil, disseram executivos à Reuters, como parte dos esforços para adicionar mais funcionalidades e conquistar novos usuários.

LEIA MAIS: Rappi quer triplicar cidades no Brasil com Softbank

A aliança deve permitir à divisão de serviços financeiros avançar além dos pagamentos via QR code no país, onde a concorrência se acirra conforme cresce o número de carteiras digitais administradas por aplicativos e lançadas por fintechs, bancos tradicionais e varejistas.

“É a primeira de várias soluções financeiras que vamos lançar para o usuário e mais um passo no caminho para nos tornarmos o Super App da América Latina”, disse o cofundador do Rappi no Brasil, Ricardo Bechara, em entrevista concedida hoje (19).

Ele não especificou quais outros serviços financeiros podem ser ofertados no futuro, mas afirmou que todas as possibilidades estão sendo avaliadas. No momento, acrescentou, o foco é implementar o cartão pré-pago em todas as regiões do Brasil, após lançamentos bem-sucedidos na Colômbia e no México.

O Rappi chegou ao mercado brasileiro em julho de 2017 e, atualmente, opera em mais de 20 cidades em todo o país, com um crescimento médio de 30% ao mês, o que segundo Bechara é a maior taxa de expansão entre os sete países latino-americanos em que opera.

O braço de serviços financeiros, contudo, é mais recente. Lançado em outubro, o Rappi Pay começou com transferências entre usuários e depois introduziu pagamentos via QR code. “Não abrimos o número absoluto das transações até agora, mas temos como meta ter mais de 100 mil pontos de venda aceitando Rappi Pay no fim do ano”, afirmou o executivo.

VEJA TAMBÉM: Carrefour Brasil expande parceria com Rappi

Além de dar aos usuários do Rappi uma alternativa para sacar o dinheiro acumulado na carteira digital, os cartões pré-pago também abrem espaço para transações fora da internet, ampliando as opções de consumo do cliente, de acordo com Fernando Pantaleão, vice-presidente de vendas e soluções para o comércio da Visa no Brasil.

A solução ainda deve permitir ao Rappi desenvolver programas de fidelidade mais assertivos, incluindo cashback, além de expandir a base de usuários.

“Como é pré-pago, esse cartão tem capacidade de trazer uma camada da população que não necessariamente tenha conta corrente”, afirmou Pantaleão. “A Rappi tem uma capacidade de engajamento que poucos têm e esse cartão ainda dará ao usuários acesso a todas as promoções e benefícios da Visa, além da plataforma antifraude”, completou.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).