Toyota acelera cronograma de veículos elétricos

Reuters
A mudança ilustra o crescimento vertiginoso no mercado de veículos elétricos

A Toyota tem como meta obter metade de suas vendas globais de veículos elétricos em 2025, cinco anos antes do previsto, e vai usar fabricantes chineses de baterias para atender à demanda global acelerada em direção a carros movidos por eletricidade.

LEIA MAIS: Toyota e Subaru se unem para desenvolver SUV elétrico

A mudança ilustra o crescimento vertiginoso no mercado de veículos elétricos, que está transformando a indústria automotiva e é também um reconhecimento por parte da fabricante japonesa que pode não ser capaz de atender à demanda por baterias por conta própria.

A Toyota agora enfrenta uma procura acima da esperada por carros que usam baterias, em vez de gasolina, disse o vice-presidente executivo, Shigeki Terashi, em entrevista coletiva hoje (7)

Além disso, os regulamentos cada vez mais rigorosos de emissões de poluentes exigem mais baterias de íons de lítio nos próximos cinco anos do que a montadora pretende produzir, acrescentou. “Nós nos consideramos como fabricantes de baterias de veículos elétricos, desde quando desenvolvemos a bateria para o Prius”, disse o executivo, referindo-se ao primeiro veículo híbrido da marca. “Mas pode haver uma lacuna entre a quantidade de baterias que podemos produzir e a quantidade de baterias que podemos precisar.”

A Toyota, que já fabrica baterias para híbridos, disse que fará parceria com as chinesas Amperex Technology e BYD para aquisição de baterias.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).