Coca-Cola eleva previsão de lucro para 2019

A Coca-Cola espera que as receitas orgânicas cresçam 5% em todo o ano de 2019

A Coca-Cola superou as expectativas de lucro do segundo trimestre e elevou sua previsão de receita orgânica para o ano inteiro, apostando em seu novo café pronto para beber e na demanda por refrigerantes sem açúcar.

LEIA MAIS: Coca-Cola tem resultado trimestral acima do esperado

A maior fabricante de bebidas do mundo disse hoje (23) que espera que as receitas orgânicas cresçam 5% em todo o ano de 2019, acima de sua projeção anterior de um aumento de cerca de 4%.

A Coca-Cola tem respondido às mudanças nos gostos dos consumidores, indo além dos refrigerantes tradicionais e oferecendo bebidas com baixo teor de açúcar ou novos sabores.

No segundo trimestre, um crescimento de 4% no volume tradicional da Coca-Cola e sua versão sem açúcar ajudaram a receita líquida a subir 6,1% para US$ 10 bilhões, um pouco acima das estimativas dos analistas.

O lucro líquido atribuível à Coca-Cola subiu 12,6%, para US$ 2,61 bilhões.

Excluindo itens extraordinários, a empresa obteve lucro de US$ 0,63 por ação, US$ 0,02 acima das estimativas de Wall Street, de acordo com dados do IBES da Refinitiv.

A receita orgânica, uma métrica observada de perto que aponta o crescimento de vendas excluindo aquisições e flutuações cambiais, subiu 6%.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).