Ecorodovias tem queda de 27% no lucro líquido do 2º tri

Resultado foi de R$ 58,5 milhões, ante expectativa de R$ 93,08 milhões

A Ecorodovias teve lucro líquido de R$ 58,5 milhões no segundo trimestre, uma queda de cerca de 27% sobre o resultado positivo de um ano antes, informou a companhia de concessões de infraestrutura. Segundo a concessionária, a queda no lucro ocorreu, entre outros fatores, pelo aumento de 43,6% no resultado financeiro negativo, que atingiu R$ 176,4 milhões no segundo trimestre.

LEIA MAIS: Concessionária da CCR faz acordo de R$ 750 mi

A empresa apurou lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de R$ 474,4 milhões no período, excluindo receitas de construção de projetos, alta de 17% na comparação anual. O desempenho foi puxado pela entrada em operação das concessões de rodovias em Minas Gerais e Goiás, informou a companhia no balanço.

Analistas, em média, esperavam que a Ecorodovias publicasse Ebitda de R$ 463,9 milhões para o segundo trimestre, segundo dados da Refinitiv. A expectativa para o lucro líquido era de R$ 93,08 milhões. A receita líquida da Ecorodovias subiu 19% no segundo trimestre, para R$ 694,8 milhões.

A companhia viu a relação de dívida líquida subir para 3,3 vezes o Ebitda ao final de junho ante 2,6 vezes no fim do primeiro semestre do ano passado.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).