Netflix tem crescimento menor que o esperado

A Netflix teve novos assinantes no trimestre do Wall Street esperava

A Netflix adicionou menos assinantes trimestrais do que Wall Street esperava, e sua base de clientes nos Estados Unidos encolheu à medida que sua programação não conseguiu atrair novos clientes, alertando investidores para a crescente concorrência.

VEJA TAMBÉM: Guerra do streaming: HBO tira ‘Friends’ da Netflix

As ações da Netflix caíram 13% no after-market de hoje (17), após a companhia divulgar resultados trimestrais e informar que perdeu 130 mil clientes dos EUA.

O serviço de streaming de vídeo dominante do mundo informou que atraiu 2,83 milhões de novos assinantes fora dos EUA, abaixo das expectativas de analistas de 4,8 milhões, segundo dados do IBES da Refinitiv. Analistas previam ganho de 352 mil nos Estados Unidos.

A Netflix previu crescimento de 7 milhões de clientes pagos no terceiro trimestre, com a ajuda de uma nova temporada do thriller sobrenatural “Stranger Things”, lançada em 4 de julho. Número mais otimista do que os 6,6 milhões previstos pelos analistas consultados pela Refinitiv.

O lucro líquido caiu para US$ 270,7 milhões, ou US$ 0,60 por ação, no trimestre encerrado em 30 de junho, ante US$ 384,3 milhões, ou US$ 0,85 por ação, um ano antes. A receita total subiu de US$ 3,91 bilhões para uS$ 4,92 bilhões. Analistas, em média, esperavam receita de US$ 4,93 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).