Receita do Spotify supera estimativa

A receita subiu para € 1,67 bilhão nos três meses encerrados em 30 de junho

O Spotify divulgou uma receita melhor do que a esperada no segundo trimestre, mas o número de novos assinantes pagos foi menor do que o estimado.

LEIA MAIS: Usuários do Netflix e do Spotify são os mais hackeados

O serviço de streaming de música pago mais popular do mundo disse que os assinantes premium aumentaram em 30% em relação ao ano anterior, para 108 milhões, mas abaixo da expectativa de analistas de 108,5 milhões.

A receita de assinantes premium, que representaram quase 90% de sua receita total, subiu para € 1,50 bilhão no segundo trimestre.

Os usuários ativos mensais do Spotify, que incluem sua versão gratuita com anúncios, cresceram 29% para 232 milhões e superaram a expectativa de 227,7 milhões de usuários.

A receita subiu para € 1,67 bilhão nos três meses encerrados em 30 de junho, ante € 1,27 bilhão um ano antes, superando as estimativas médias de analistas de 1,64 bilhão, segundo dados do IBES da Refinitiv.

O prejuízo líquido atribuível à empresa diminuiu para € 76 milhões, ou € 0,42 por ação, de € 394 milhões, ou € 2,20 por ação, um ano antes. Analistas, em média, esperavam prejuízo de € 0,32 por ação.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).