Tecnisa vai levantar até R$ 721 milhões em oferta primária de ações

Pilar Olivares/Reuters
Segundo a Tecnisa, a oferta envolve a venda de um lote de 300 milhões de ações

A construtora Tecnisa anunciou que seu conselho de administração autorizou ontem (8) a realização de uma oferta primária de ações, como parte dos esforços para compra de terrenos.

LEIA MAIS: Bitcoins ganham espaço na compra de imóveis de alto padrão no país

Segundo a companhia, a oferta envolve a venda de um lote de 300 milhões de ações. A operação pode ser ampliada em até 35%, ou 105 milhões de papéis. A ação da companhia deu um salto de 29,9% no pregão desta segunda-feira.

Considerando o preço de fechamento desta sessão, de R$ 1,78 real, e a venda de todas as 405 milhões de ações, a companhia poderia levantar até R$ 721 milhões.

O BTG Pactual será o coordenador líder da operação, com ajuda de Santander Brasil, Itaú BBA e Caixa Econômica Federal, afirmou a Tecnisa em fato relevante.

A companhia pretende usar cerca de metade dos recursos da oferta “para promover o crescimento das operações, incluindo a aquisição de novos terrenos”, diz trecho do documento. O restante deve ser usado para melhorar a estrutura de capital, por meio do pagamento de dívidas e reforço de capital de giro.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).