TIM e Vivo acertam compartilhamento de infraestrutura

iStock
Negócio começa em cidades com menos de 30 mil habitantes e vai a maiores

A TIM S.A., subsidiária da TIM Participações, e a Telefônica Brasil assinaram memorando de entendimento para iniciar discussões sobre compartilhamento de infraestrutura de rede, conforme comunicados ao mercado de ambas as companhias. O memorando prevê estabelecimento de novos acordos de compartilhamento de infraestrutura de rede 4G na faixa de 700Mhz, direcionados a cidades com menos de 30 mil habitantes, o que poderá ser, posteriormente, expandido a cidades maiores.

LEIA MAIS: TIM espera colher benefícios da redução de custos

As discussões também abrangem o compartilhamento de rede 2G no modelo ‘single grid’ e outras oportunidades de compartilhamento de rede em outras frequências e tecnologias, bem como outras oportunidades de eficiência e redução de custos em operação e manutenção de redes.

“As companhias destacam os benefícios que podem resultar dessas discussões em relação à melhoria na qualidade de serviço para clientes de ambas as operadoras, bem como a eficiência na alocação de investimentos e nos custos operacionais”, afirmaram nos respectivos comunicados.

A TIM e a Vivo também ressaltaram que o memorando não cria uma joint venture ou qualquer parceria comercial ou relação formal de negócios, bem como não cria ou implica qualquer relacionamento exclusivo entre as partes.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).