WEG tem lucro líquido de R$ 389 mi no 2º tri

O lucro líquido da WEG teve alta de 15,6% no segundo trimestre

A fabricante de motores elétricos e tintas industriais WEG teve alta de 15,6% no lucro líquido do segundo trimestre sobre um ano antes, a R$ 389 milhões, apoiada em crescimento de exportações e melhoras operacionais.

LEIA MAIS: WEG e Embraer fazem parceria para aeronaves elétricas

A empresa teve um crescimento de quase 15% nas vendas externas, que superaram o fraco resultado no mercado interno, onde o faturamento caiu 2,2% no período em meio ao rastejante desempenho da economia brasileira.

Apesar disso, a empresa afirmou no balanço que “o mercado brasileiro mostrou-se positivo e continua apresentando crescimento nas principais linhas de negócio, ainda que em ritmo menor que o esperado no início deste ano”.

Além disso, a empresa citou que “a demanda por produtos de ciclo curto segue a tendência dos últimos trimestres, em especial os motores industriais, de uso doméstico e tintas…O destaque no mercado interno continua sendo os negócios de geração solar e transmissão e distribuição (T&D), que vêm confirmando as expectativas de melhora da demanda já percebidas desde o final do ano passado”.

A WEG apurou uma geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de R$ 537,2 milhões, expansão de 15,4% na base anual, com a margem avançando de 15,2% para 16,3%. Analistas, em média, esperavam Ebitda de cerca de R$ 515 milhões, segundo pesquisa da Refinitiv.

As ações da WEG exibiam alta de 2,9% às 11h07 (horário de Brasília), enquanto o Ibovespa mostrava variação positiva de 0,5%.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).