C6Bank inicia operação e espera atingir 400 mil clientes até fim do ano

Divulgação
A estreia do C6 é o mais recente sinal de uma competição mais acirrada para bancos brasileiros tradicionais

O banco online brasileiro C6Bank começou operações hoje (5), afirmando que atraiu 200 mil clientes durante período de testes e que planeja pelo menos dobrar esse número até o final deste ano, afirmou o sócio-fundador Luiz Marcelo Calicchio.

LEIA MAIS: Banco digital alemão N26 vai abrir operação no Brasil

O banco tem como alvo atrair clientes de todos os perfis de renda por meio de oferta de contas correntes livres de tarifas.

A estreia do C6 é o mais recente sinal de uma competição mais acirrada para bancos brasileiros tradicionais, que têm sido desafiados por novatos digitais, como Banco Inter e Nubank, que têm atraído clientes a um custo mais baixo, sem a necessidade de abertura de agências.

Para atrair com um baixo custo empresas como clientes, o C6 está se valendo de consultores contratados, que não são funcionários do banco, para distribuir seus produtos.

O C6Bank também decidiu entrar na “guerra das maquininhas” na qual companhias como Cielo e Rede têm reduzidos taxas para manter e ganhar clientes. Por meio da credenciadora Pay&Go, o banco vai distribuir máquinas leitoras de cartão de graça a quem vender pelo menos R$ 5.000 por mês.

VEJA TAMBÉM: Nubank vai iniciar teste para pessoas jurídicas

Calicchio afirmou que o banco ainda não é lucrativo e não informou quando deverá ficar no azul. Apesar disso, ele disse que o C6Bank pretende atrair investidores para receber mais capital no futuro.

Fundado por Marcelo Kalim, ex-presidente do BTG Pactual, o C6Bank recebeu autorização do Banco Central em janeiro, citando patrimônio líquido de R$ 315 milhões.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).