7 pacotes de luxo para praticar ioga

Reprodução/Forbes
Os pacotes combinam três coisas incríveis: Itália, ioga e bem-estar, além de hospedagem de luxo e boa comida

Pegue um hotel resort de alto luxo nas belas montanhas da Itália, adicione um retiro de ioga e não há como errar. O primeiro resort Adler foi aberto em 1850 e tem sido considerado um dos melhores da Europa desde então. A pequena e especializada empresa agora opera quatro resorts e spa focados em bem-estar para toda a família na Itália – um na Toscana e três nas Dolomitas, incluindo um Patrimônio Mundial da UNESCO.

LEIA MAIS: 7 praias espetaculares na Itália para visitar agora

As propriedades Adler sempre tiveram o objetivo de oferecer aos hóspedes programas que combinassem exercício diário, alimentação saudável, relaxamento e regeneração, com muitas caminhadas nas montanhas e, no inverno, práticas na maior série interconectada de resorts de esqui do mundo. Nos próximos meses, três dos resorts de gerência familiar incluirão novos programas de ioga com foco na saúde e bem-estar. Isso trará ainda mais atrativos a um trio de resorts que já são destinos fantásticos.

O Adler Spa Resort Thermae, localizado nas colinas da Toscana, é um hotel e spa 5 estrelas com águas das fontes termais de Bagno Vignoni. Há piscinas termais internas e externas com água rica em bicarbonato e sulfato, aclamadas por suas propriedades de cura. São seis tipos diferentes de saunas, com inúmeras maneiras de se banhar, limpar, relaxar e estimular a mente e o corpo. Equipamentos de ginástica e esportivos estão disponíveis, bem como oportunidades para caminhadas, passeios de bicicleta e de bicicletas elétricas.

O resort fica na Itália, ou seja, a comida é muito importante, com produtos locais e orgânicos, azeite de oliva da região, carne da famosa raça Chianina, o gado da Toscana, e vinho local. Comida toscana não decepciona! O resort ganhou um Spafinder Wellness Travel Award em 2016.

A propriedade realizará dois retiros de ioga de imersão em dezembro. O Ashtanga Yoga, na Toscana, liderado pela especialista em Ashtanga Elena De Martin, do instituto Ashtanga Yoga Milano, destina-se tanto a alunos avançados quanto aos que querem experimentar o estilo pela primeira vez. Ashtanga é um método dinâmico que fortalece o corpo enquanto aumenta a flexibilidade. O retiro de quatro noites, de 2 a 6 de dezembro, inclui sete sessões de ioga de duas horas. O segundo é o Yoga Detox, uma sessão de quatro noites, de 9 a 14 de dezembro, que inclui sete sessões de ioga e tem foco em limpeza, com quatro tratamentos de desintoxicação, um exame médico e refeições detox.

VEJA TAMBÉM: O luxuoso mergulho com tubarões-baleia no Círculo Ártico

O Adler também oferecerá retiros especiais de ioga nos próximos meses em duas de suas unidades nas Dolomitas. Nos últimos anos, a cadeia montanhosa dos Alpes têm sido um destino cada vez mais popular entre viajantes, e muitas das melhores empresas de cicloturismo e caminhadas oferecem aventuras poliesportivas por lá, pois há muito o que fazer e as paisagens são impressionantes. A cidade de esqui italiana de Cortina d’Ampezzo, perto do Adler, foi a primeira do país a sediar os Jogos Olímpicos de Inverno e foi cenário da série de filmes “James Bond”.

O Adler Spa Resort Dolomiti fica em Ortisei in Val Gardenna, uma área maravilhosa para caminhadas, escaladas, ciclismo e esqui. Além do seu spa exclusivo, a propriedade oferece o Aguaa, o maior complexo aquático das Dolomitas, com uma impressionante quantidade de piscinas, saunas e áreas para relaxamento em um parque privado em meio a paisagens montanhosas.

O spa do hotel é um dos melhores dos Alpes, mas fica ainda melhor com o programa Yoga and Nature, que pode ser de três a sete noites entre 9 e 23 de setembro, durante a colorida temporada de folhagem nas Dolomitas. O programa de sete dias inclui ioga matinal diária, mais três experiências de ioga e meditação durante excursões ao ar livre e três sessões de 90 minutos de relaxamento.

Há, ainda, o Especial Ayurveda de sete noites com o Dr. Narendra Babu, de 23 a 30 de setembro, que inclui ioga matinal diária, um exame médico, tratamento ayurvédico e cozinha ayurvédica. Por fim, há o flexível Yoga Break de novembro, em quatro noites, entre 11 de novembro e 6 de dezembro, com ioga matinal diária, três aulas adicionais de Hatha Yoga de 90 minutos com foco em postura e relaxamento, além de um vale para tratamentos de spa.

E AINDA: 5 restaurantes imperdíveis no Lago de Lugano

No sul de Tirol fica o Adler Lodge Alpe, localizado no maior planalto montanhoso da Europa, o Alpe di Siusi. O resort oferece uma fuga da modernidade de sete noites com o programa Digital Detox: Time to Get Offline, durante o qual os hóspedes se abstêm de usar smartphones, computadores e outros dispositivos eletrônicos. A ideia é dar a si mesmo a chance de reduzir o estresse, direcionar sua atenção para dentro e focar em sua interação com o mundo físico. A ampla gama de atividades inclui ioga, passeios guiados, caminhadas, passeios de bicicleta, caminhada de meditação, aula de degustação e preparo de chocolate, além de aulas de desenho e até mesmo observação de estrelas. Se isso não for suficiente para mantê-lo desconectado, há um pacote de spa complementar opcional, além de um vale para tratamentos de spa.

Se desintoxicação não for a sua praia, o hotel também oferece um Ashtanga Yoga Retreat de três a sete noites, com ioga duas vezes ao dia na maioria deles por um total de três horas diárias em práticas mistas que incluem Ashtanga, Vinyasa, Pranayama, Restauradora e/ou sessões de alinhamento, além de um vale para o spa.

Os pacotes combinam três coisas incríveis: Itália, ioga e bem-estar, além de hospedagem de luxo e boa comida. Essa é uma combinação difícil de vencer – a parte mais complicada é escolher qual resort visitar.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).