Conheça um luxuoso cruzeiro pelo Mar Báltico

Reprodução/Forbes
Viagem explora a cultura, a história e o estilo de vida de diversos e charmosos países

Costumava pensar que simplesmente não era uma pessoa fã de cruzeiros. Pude apreciar a simplicidade de conhecer uma série de países por mar e ônibus confortáveis, ​​com ar-condicionado, mas nunca gostei de viajar assim. Detesto multidões e, depois de uma semana ou mais, a monotonia e a rotina de refeições e atividades a bordo parecem sufocantes.

LEIA MAIS: Jante como um bilionário no Mira Five Stars

Então, fiz uma viagem com a Regent Seven Seas, na embarcação Explorer, que eles dizem ser o mais luxuoso navio de cruzeiro já construído, pelo menos até 2020, quando o ainda mais refinado Regent Seven Seas Splendor deve estrear.

Embarquei neste cruzeiro báltico da Suécia a Copenhague com minha mãe para explorar meia dúzia de países que nenhuma de nós jamais havia estado antes. Parecia uma ótima maneira de conhecer países como Suécia, Estônia, Finlândia, Rússia, Letônia e Lituânia. Um dia dificilmente é tempo suficiente para visitar qualquer país, e em média é tudo o que temos em cada porto, mas, ainda assim, um pequeno vislumbre da cultura, da história e do estilo de vida de um local pode ser o suficiente para me motivar a voltar.

A bordo do Explorer, eu tinha o quarto mais espaçoso que já experimentei em um cruzeiro. Os terraços do Concierge Suites são tão amplos que eu quase deixei escapar a garrafa de boas-vindas de champagne Jacquart Brut Mosaïque com o meu entusiasmo. Estocolmo é um porto deslumbrante e, se eu soubesse o quão bonito é, teria pedido o serviço de quarto naquela primeira noite para que pudéssemos jantar no nosso terraço enquanto acenamos para os suecos na praia, em suas casas de veraneio.

Foi um alívio tão grande desfazer as malas no grande closet sem brigar por cabides. Além disso, as pias duplas, o chuveiro e a banheira separados no banheiro de mármore nos deu muito espaço para ficarmos prontas.

Nossa primeira parada foi em Tallinn, na Estônia. A menos que você faça uma reserva particular ou esteja hospedado na Suíte Regent, tenha um motorista e um guia particular incluídos em cada porto. As excursões do Regent funcionam como um relógio, e os guias que conheci eram todos amigáveis, experientes e excelentes representantes de seus países.

VEJA TAMBÉM: Conheça o resort que tem seu próprio festival de música

Tivemos a tarde livre para explorar a antiga cidade fortificada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, com direito a transporte regular de volta ao navio. Traslados de cortesia durante todo o dia em todos os portos tornaram as visitas mais fáceis, e essa foi uma comodidade que eu apreciei muito.

Minha mãe e eu nos deparamos com uma nova loja de chocolates, Meeleviljad, que estava aberta há apenas cinco meses. Embarcamos no Explorer com a coleção de chocolates Sven’s Corsica, com resquícios frescos de limão, gengibre, grapefruit e laranja, cobertos com cacau boliviano selvagem e nibs. Eu faria uma viagem de volta a Tallinn só para conseguir mais.

Então, passamos três noites ancoradas em São Petersburgo, e alguns turistas até tomaram o trem de alta velocidade para Moscou, o que soou como uma excursão cansativa, mas valiosa. Minha mãe e eu não tínhamos vistos individuais, mas contanto que ficássemos em uma excursão oficial de cruzeiro, estávamos bem. Passando várias vezes pelo Four Seasons Hotel Lion Palace, em São Petersburgo, eu quis muito tomar o chá da tarde, mas as entusiasmadas dançarinas folclóricas russas rapidamente me animaram, embora eu não tenha conseguido seguir com a performance por muito tempo.

O Hermitage Museum é outro destaque. Eu o achei mais bonito do que até mesmo o Louvre, e às vezes a complexidade dos tetos, colunas e pisos quase ofuscaram as obras de arte nas paredes. Embora tenhamos entrado uma hora antes da abertura oficial do museu, o mesmo aconteceu com centenas de outros passageiros de cruzeiros, por isso, ele estava muito lotado. Nosso guia navegou agilmente em direção aos destaques da coleção, e ver “Madonna Litta” e “Madona Benois”, de Leonardo da Vinci, assim como “Conestabile Madonna”, de Raphael, e “O Retorno do Filho Pródigo”, de Rembrandt, tudo em menos de duas horas, foi inesquecível.

Helsinque é uma ponte interessante entre a Rússia e o resto da Escandinávia, tendo apenas alcançado a independência há 100 anos, após a Revolução Bolchevique. Os finlandeses têm um amor feroz e respeito pela natureza e tomam sol com um zelo inigualável. Isso é compreensível, já que a escuridão reina durante a maior parte do ano. Eu comprei groselhas negras, amoras silvestres e carne seca no mercado central a céu aberto e fiz planos para voltar na época das dúzias de frutas comestíveis que os moradores locais dizem que crescem logo abaixo de suas janelas. Na próxima vez, uma viagem de barco a algumas das milhares de ilhas do arquipélago finlandês também estará nos planos.

E AINDA: Conheça a nova luxuosa coleção de iates Ritz-Carlton

Enquanto a arquitetura em Helsinque era uma interessante justaposição de art nouveau romântica com russo bizantino, descobri que Riga possuía a arquitetura mais charmosa de todas as cidades bálticas.

Riga tem a maior concentração de edifícios art nouveau do mundo, incluindo muitos exemplos belamente preservados, feitos por Mikhail Eisenstein, mas também é possível encontrar casas de madeira simples do século 19, algumas das quais agora abrigam restaurantes e pubs populares. Os letões são conhecidos por serem trabalhadores duros, e seus famosos fuzileiros foram fundamentais no sucesso da Revolução Bolchevique. Fiquei comovido com o quanto os letões lutaram para manter sua nacionalidade.

Depois de um dia explorando novas terras, o retorno ao navio nunca foi tão anticlímax. Sempre tive interesse em banquetes no jantar, e a cozinha foi verdadeiramente o destaque. Eu nunca pensei que diria isso sobre comida de navio, mas a afirmação vem de alguém que jantou em dezenas de restaurantes três estrelas Michelin e em quase metade dos restaurantes da lista dos 50 melhores do mundo.

Há seis restaurantes abertos no Explorer a cada noite para o jantar, por isso, em vez de ficar entediada, eu tinha um medo real de perder alguma boa oportunidade. Como poderia provar todas as especialidades diárias em todos os restaurantes? Eu não tenho vergonha de admitir que por várias noites arrastei minha mãe para uma segunda rodada de sobremesa. O cheesecake de figo e ricota e a versão alcoólica da torta Barozzi com montes de mascarpone foram destaques.

O chef-executivo Hamza Mebareki começou no Voyager há uma década e trabalhou para supervisionar todas as operações culinárias no mais novo navio do Regent. Ele me deu uma visão rápida da cozinha, onde comanda 128 funcionários.

Se tivéssemos que escolher um restaurante favorito, minha mãe chinesa e eu elegeríamos o Pacific Rim. Este restaurante pan-asiático existe apenas no Explorer, embora uma segunda unidade esteja para abrir no Splendor.

O Pacific Rim não se preocupa em ser autêntico e tem uma variedade de pratos japoneses, cantoneses, coreanos, tailandeses e peranakan no menu. Existem ainda ingredientes europeus, como a trufa negra, o foie gras e o chocolate Valrhona entremeados na mistura, mas o resultado é sempre delicioso. Ouso dizer que o missô lá foi melhor que o do restaurante Nobu.

O Canyon Ranch spa e o centro fitness também são notáveis ​​pelo tamanho e serviços extensos. Eu não me permiti um tratamento, mas minha mãe gostou da massagem shiatsu. Todas as noites, shows de cabaré da Broadway eram apresentados.

Minha única queixa foi que o wi-fi supostamente reforçado, também cortesia, estivesse dolorosamente lento e instável. Eu sei, a maioria das pessoas de férias pode não se importar muito, mas eu ainda estava trabalhando e tentando cumprir prazos. Tive melhor sorte ao usar minha rede de dados móveis para enviar emails. Nem tente fazer uma chamada por FaceTime, ou downloads e uploads de imagens para o Dropbox. Fiz vários testes de velocidade de internet ao longo da semana e as velocidades de download nunca chegaram a atingir 1 mpbs. Se a internet for importante para você, recomendo passar um tempo em terra para encontrar cafés com bom wi-fi.

Veja, na galeria de fotos abaixo, detalhes do luxuoso cruzeiro pelo Mar Báltico:

  • Fiz uma viagem com a Regent Seven Seas, na embarcação Explorer, que eles dizem ser o mais luxuoso navio de cruzeiro já construído, pelo menos até 2020, quando o ainda mais refinado Regent Seven Seas Splendor deve estrear.

    Embarquei neste cruzeiro báltico da Suécia a Copenhague com minha mãe para explorar meia dúzia de países que nenhuma de nós jamais havia estado antes. Parecia uma ótima maneira de conhecer países como Suécia, Estônia, Finlândia, Rússia, Letônia e Lituânia. Um dia dificilmente é tempo suficiente para visitar qualquer país, e em média é tudo o que temos em cada porto, mas, ainda assim, um pequeno vislumbre da cultura, da história e do estilo de vida de um local pode ser o suficiente para me motivar a voltar.

  • Fiz uma viagem com a Regent Seven Seas, na embarcação Explorer, que eles dizem ser o mais luxuoso navio de cruzeiro já construído, pelo menos até 2020, quando o ainda mais refinado Regent Seven Seas Splendor deve estrear.

    Embarquei neste cruzeiro báltico da Suécia a Copenhague com minha mãe para explorar meia dúzia de países que nenhuma de nós jamais havia estado antes. Parecia uma ótima maneira de conhecer países como Suécia, Estônia, Finlândia, Rússia, Letônia e Lituânia. Um dia dificilmente é tempo suficiente para visitar qualquer país, e em média é tudo o que temos em cada porto, mas, ainda assim, um pequeno vislumbre da cultura, da história e do estilo de vida de um local pode ser o suficiente para me motivar a voltar.

  • Fiz uma viagem com a Regent Seven Seas, na embarcação Explorer, que eles dizem ser o mais luxuoso navio de cruzeiro já construído, pelo menos até 2020, quando o ainda mais refinado Regent Seven Seas Splendor deve estrear.

    Embarquei neste cruzeiro báltico da Suécia a Copenhague com minha mãe para explorar meia dúzia de países que nenhuma de nós jamais havia estado antes. Parecia uma ótima maneira de conhecer países como Suécia, Estônia, Finlândia, Rússia, Letônia e Lituânia. Um dia dificilmente é tempo suficiente para visitar qualquer país, e em média é tudo o que temos em cada porto, mas, ainda assim, um pequeno vislumbre da cultura, da história e do estilo de vida de um local pode ser o suficiente para me motivar a voltar.

  • Fiz uma viagem com a Regent Seven Seas, na embarcação Explorer, que eles dizem ser o mais luxuoso navio de cruzeiro já construído, pelo menos até 2020, quando o ainda mais refinado Regent Seven Seas Splendor deve estrear.

    Embarquei neste cruzeiro báltico da Suécia a Copenhague com minha mãe para explorar meia dúzia de países que nenhuma de nós jamais havia estado antes. Parecia uma ótima maneira de conhecer países como Suécia, Estônia, Finlândia, Rússia, Letônia e Lituânia. Um dia dificilmente é tempo suficiente para visitar qualquer país, e em média é tudo o que temos em cada porto, mas, ainda assim, um pequeno vislumbre da cultura, da história e do estilo de vida de um local pode ser o suficiente para me motivar a voltar.

  • Fiz uma viagem com a Regent Seven Seas, na embarcação Explorer, que eles dizem ser o mais luxuoso navio de cruzeiro já construído, pelo menos até 2020, quando o ainda mais refinado Regent Seven Seas Splendor deve estrear.

    Embarquei neste cruzeiro báltico da Suécia a Copenhague com minha mãe para explorar meia dúzia de países que nenhuma de nós jamais havia estado antes. Parecia uma ótima maneira de conhecer países como Suécia, Estônia, Finlândia, Rússia, Letônia e Lituânia. Um dia dificilmente é tempo suficiente para visitar qualquer país, e em média é tudo o que temos em cada porto, mas, ainda assim, um pequeno vislumbre da cultura, da história e do estilo de vida de um local pode ser o suficiente para me motivar a voltar.

  • Fiz uma viagem com a Regent Seven Seas, na embarcação Explorer, que eles dizem ser o mais luxuoso navio de cruzeiro já construído, pelo menos até 2020, quando o ainda mais refinado Regent Seven Seas Splendor deve estrear.

    Embarquei neste cruzeiro báltico da Suécia a Copenhague com minha mãe para explorar meia dúzia de países que nenhuma de nós jamais havia estado antes. Parecia uma ótima maneira de conhecer países como Suécia, Estônia, Finlândia, Rússia, Letônia e Lituânia. Um dia dificilmente é tempo suficiente para visitar qualquer país, e em média é tudo o que temos em cada porto, mas, ainda assim, um pequeno vislumbre da cultura, da história e do estilo de vida de um local pode ser o suficiente para me motivar a voltar.

  • Fiz uma viagem com a Regent Seven Seas, na embarcação Explorer, que eles dizem ser o mais luxuoso navio de cruzeiro já construído, pelo menos até 2020, quando o ainda mais refinado Regent Seven Seas Splendor deve estrear.

    Embarquei neste cruzeiro báltico da Suécia a Copenhague com minha mãe para explorar meia dúzia de países que nenhuma de nós jamais havia estado antes. Parecia uma ótima maneira de conhecer países como Suécia, Estônia, Finlândia, Rússia, Letônia e Lituânia. Um dia dificilmente é tempo suficiente para visitar qualquer país, e em média é tudo o que temos em cada porto, mas, ainda assim, um pequeno vislumbre da cultura, da história e do estilo de vida de um local pode ser o suficiente para me motivar a voltar.

Fiz uma viagem com a Regent Seven Seas, na embarcação Explorer, que eles dizem ser o mais luxuoso navio de cruzeiro já construído, pelo menos até 2020, quando o ainda mais refinado Regent Seven Seas Splendor deve estrear.

Embarquei neste cruzeiro báltico da Suécia a Copenhague com minha mãe para explorar meia dúzia de países que nenhuma de nós jamais havia estado antes. Parecia uma ótima maneira de conhecer países como Suécia, Estônia, Finlândia, Rússia, Letônia e Lituânia. Um dia dificilmente é tempo suficiente para visitar qualquer país, e em média é tudo o que temos em cada porto, mas, ainda assim, um pequeno vislumbre da cultura, da história e do estilo de vida de um local pode ser o suficiente para me motivar a voltar.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).