3 lugares imperdíveis no condado de Sonoma

Reprodução/FORBES
A pousada Kenwood Inn & Spa reabriu em abril e as salas de tratamento renovadas foram inauguradas nesta primavera no hemisfério norte

A equipe do Kenwood Inn & Spa contou uma história angustiante sobre os incêndios que envolveram a área em outubro do ano passado. Esta parte do condado de Sonoma, na Califórnia, foi particularmente atingida pelas queimadas que agora parecem ser uma ocorrência anual. Os hóspedes foram orientados a deixarem o local no meio da noite. A pousada não queimou, mas as portas foram deixadas abertas, resultando em US$ 500 mil em danos causados ​​pela fumaça na recepção e nos quartos.

LEIA MAIS: Os destinos turísticos que mais crescem no mundo

Mas tudo isso foi reparado juntamente com outras reformas, incluindo novas roupas de cama e adições nos quartos, como TVs de tela plana e máquinas de café expresso. A pousada reabriu em abril e as salas de tratamento renovadas foram inauguradas nesta primavera no hemisfério norte. Nada lá dá ideia do que o estabelecimento passou.

Desde minha primeira visita, há 20 anos, senti que o local era particularmente sereno para se hospedar no vasto condado do vinho que quase sempre fica em segundo plano na comparação com a vizinha Napa – mas não devia. Ele está situado em 2,5 hectares e disposto em vários edifícios separados por pátios repletos de fontes com vista para vinhedos ao redor. Também está bem localizado, a uma curta distância de carro de Glen Ellen e seus restaurantes (os favoritos são o Fig Café e o Glen Ellen Star), as cidades de Sonoma e Healdsburg e o condado de Napa. Minha única queixa é que eu sempre achei que a decoração do quarto era um pouco escura e pesada para a Califórnia. Por isso também a recente renovação é uma boa notícia.

Poucos minutos depois pela estrada, um novo negócio impactado pelos incêndios também reabriu em perfeita forma e está fazendo uma série de pratos bem executados de comida caseira, tornando-se uma opção popular entre os moradores locais. Os proprietários da Salt + Stone, David e Diane LaMonica, anteriormente donos do Café Beaujolais, em Mendocino, assumiram o lugar pouco antes dos incêndios.

Reprodução/FORBES
Um novo negócio, Salt + Stone, impactado pelos incêndios também reabriu em perfeita forma e está fazendo uma série de pratos bem executados de comida caseira

Os toques criativos do antigo restaurante são evidentes também agora, em pratos como mexilhões assados em ferro fundido com caldo de tomate e açafrão e molho rouille de pimenta vermelha, confit de perna de pato com cebolas assadas e molho balsâmico, e um cioppino (ensopado de peixe) cheio de crustáceos. Qualquer um dos especiais de churrasco, como um sanduíche de carne de porco desfiada que apareceu no menu de almoço, também valem a pena ser experimentados. E o terraço ao ar livre tem excelente vista para os vinhedos.

VEJA TAMBÉM: Hotel Bel-Air aluga suíte presidencial por US$ 300 mil

Uma apresentação muito diferente é oferecida no Single Thread, em Healdsburg: uma vitrine exibe os delicados cardápios de degustação japoneses de Kyle Connaughton, construídos em torno da artes da esposa Katina, muitas vezes com produtos japoneses de sua fazenda a 11 km de distância. O local venceu o prêmio Restaurant To Watch na edição deste ano dos 50 Melhores Restaurantes do Mundo. Eu percebi o que estava por vir quando experimentei uma degustação há dois anos, mas essa foi a primeira vez em que vi o cardápio em escala completa na sala projetada pela empresa de design AvroKO.

O Single Thread venceu o prêmio Restaurant To Watch na edição deste ano dos 50 Melhores Restaurantes do Mundo

Em uma noite normal (na noite de minha visita em agosto, os céus ficaram um pouco esfumaçados devido aos incêndios ao norte), a noite começa com coquetéis no terraço e continua na sala de jantar no térreo, onde são servidos os 11 pratos do cardápio. No meu caso, a noite começou com uma variedade de criações pequenas, que refletiam a produção de meados do verão, e passou para pratos como o peixe alabote com drupas (fruto carnoso) e tosazu (um vinagre japonês); shima aji (carapau, peixe pequeno) com purê de abóbora, purê de abobrinha e erva dashi (caldo da sopa); e wagyu americano com beterraba assada a carvão e komatsuna (espinafre de mostarda japonesa). Apesar da delicadeza de cada prato, eles são vivamente aromatizados, compostos artisticamente e complementados por utensílios de barro feitos pela família Nagatani, mestres ceramistas da oitava geração de Iga, no Japão. É necessário fazer uma pausa para admirar cada composição antes de consumi-la e, no final, a sensação é de prazer em todos os sentidos.

Os visitantes interessados em alugar um carro em São Francisco para dirigir até o condado de Sonoma (ou para locais dentro da cidade) têm uma opção interessante no Audi on Demand, um serviço que opera na cidade norte-americana, assim como em várias outras cidades do mundo todo, incluindo Munique, Tóquio, Edimburgo, Glasgow, Hong Kong e Singapura. Não funciona no Aeroporto de São Francisco, mas sim em qualquer local nos limites da cidade. O serviço oferece uma variedade de modelos que vão do S3 ao R8 e podem ser reservados pelo iPhone. O concierge o entrega no local solicitado. Nenhuma fila no balcão do aeroporto, o que torna a experiência única.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).