United Airlines cria embarque que reduz congestionamentos

iStock
United Airlines quer embarques que fluam com voos em céus de brigadeiro

Quem tomar o próximo voo da United Airlines nos Estados Unidos perceberá que a companhia aérea criou uma forma diferente de embarque de seus passageiros. Nesta semana, a empresa reduziu o número de filas usadas para o carregamento de aeronaves, medida para reduzir o congestionamento e, potencialmente, acelerar a chegada dos passageiros aos seus assentos.

LEIA MAIS: United Airlines lança o voo sem escalas mais longo dos EUA

O novo sistema de embarque vinha sendo testado e implementado nos últimos meses. Em junho, a United começou a experimentar diferentes procedimentos de embarque em um grupo de portões isolados para teste em Chicago, sua cidade-sede, e Houston. Os dois estão entre os centros mais movimentados da rede da companhia aérea. A partir desta semana, o novo processo de embarque está oficialmente em vigor.

Mais adiante, o plano é que a companhia aérea tenha cinco grupos de embarque, com apenas duas filas. Passageiros VIP e outros prioritários farão o trajeto por uma das filas, enquanto os clientes dos demais grupos usarão a outra.

Além desse novo processo de embarque, a United também criou um sistema de notificações para aqueles que têm o aplicativo móvel da companhia aérea. Quem escolher receber será avisado pelo celular do início do embarque. A ferramenta será particularmente útil no caso de voos atrasados ou se a equipe que atua em terra decidir embarcar os passageiros mais cedo.

As novidades desta semana são o marco mais recente de uma longa história de experimentação que a United e outras companhias aéreas vêm realizando em torno do complicado processo de embarque. Anos atrás, em um esforço para melhorar o processo, a United começou a usar cinco filas para embarque de passageiros. Mas, se esse método segmentava com sucesso os passageiros na zona de embarque e os preparava para a partida, também criava uma quantidade razoável de passageiros ociosos, em pé e congestionados perto do portão — especialmente durante os atrasos. A estratégia lançada esta semana ajuda a solucionar esse problema.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).