4 celebridades mais bem pagas da América Latina em 2018

Getty Images
Argentino Lionel Messi lidera o ranking com ganhos de US$ 111 milhões

Lionel Messi foi a celebridade mais bem paga da América Latina – e a 8ª do mundo -, de acordo com o ranking anual Celebrity 100 da FORBES. Além de ter terminado a temporada de 2017/2018 como o melhor jogador nas cinco melhores ligas europeias, o atleta concordou em prorrogar o contrato com o Barcelona para permanecer no clube até 2020/2021, ganhando salário anual e bônus de mais de US$ 80 milhões – o que o tornou o mais bem pago por seu trabalho em campo. Mais do que isso, o jogador possui inúmeros acordos com patrocinadores como Adidas, Gatorade, Pepsi e MasterCard, entre outras marcas. Um parque temático dedicado a ele, o Messi Experience Park, será inaugurado em 2020 na cidade chinesa de Nanjing.

LEIA MAIS: 20 celebridades mais bem pagas do mundo em 2018

Em seguida vem Neymar (13a posição na lista geral), que assinou um contrato de cinco anos com o Paris Saint-Germain, em um negócio de mais de US$ 600 milhões – dos quais US$ 250 milhões foram diretamente para o Barcelona, seu antigo clube, para liberá-lo do contrato. Os US$ 350 milhões restantes serão pagos como salário até o vencimento do acordo em junho de 2022. Com apenas 26 anos, além das partidas, o jogador trabalha com patrocinadores mundiais como Nike, Red Bull, Gillette, McDonald’s e outros. Também é o primeiro jogador de futebol a ter seu próprio tênis: Air Jordan, da Nike.

A colombiana Sofía Vergara, a 68ª celebridade mais bem paga do mundo – e 3ª da América Latina -, é uma das estrelas da série “Modern Family”, atualmente na 10ª temporada. Além do programa, ela conta com uma série de patrocínios e empreendimentos conjuntos com marcas como Head and Shoulders e SharkNinja Coffee. Também atuou nos filmes “The Female Brain” e “Bent” e ofereceu sua voz para a animação “Emoji: O Filme”.

Por último, Saul “Canelo” Alvarez é a estrela do pay-per-view no boxe: suas lutas de 2017 contra Julio Cesar Chavez Jr. e Gennady Golovkin resultaram em mais de 1 milhão de compras. Canelo e Golovkin lutaram e empataram, fazendo com que o pagamento do atleta sul-americano girasse em torno de US$ 42 milhões, graças, em parte, à compra de 1,3 milhão de PPV. A revanche de maio foi cancelada quando Canelo falhou em um teste de drogas. O pugilista mexicano foi suspenso por seis meses. Os patrocinadores, incluindo Under Armour, Tecate, Hennessy e Everlast, ajudam Canelo a ganhar somas de sete dígitos fora do ringue.

O ranking levantou as estrelas mais bem pagas do mundo ao considerar seus ganhos brutos entre junho de 2017 e junho de 2018, antes do desconto de taxas de empresários, advogados e agentes. As estimativas são baseadas em números da Nielsen, Pollstar, IMDB, SoundScan, NPD BookScan e ComScore, assim como em entrevistas com especialistas da indústria e com muitas das celebridades.

Veja, na galeria de fotos abaixo, as 4 celebridades mais bem pagas da América Latina em 2018:

  • 4°. Canelo Alvarez
    Ganhos no ano: US$ 44,5 milhões
    Atividade: pugilista
    País: México

  • 3°. Sofía Vergara
    Ganhos no ano: US$ 42,5 milhões
    Atividade: atriz e modelo
    País: Colômbia

  • 2°. Neymar
    Ganhos no ano: US$ 90 milhões
    Atividade: jogador de futebol
    País: Brasil

  • 1°. Lionel Messi
    Ganhos no ano: US$ 111 milhões
    Atividade: jogador de futebol
    País: Argentina

4°. Canelo Alvarez
Ganhos no ano: US$ 44,5 milhões
Atividade: pugilista
País: México

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).