Hong Kong supera Nova York em número de milionários

O número de pessoas ultrarricas em todo o mundo está aumentando. De acordo com o Wealth-X World Ultra Wealth Report, realizado anualmente, o número de indivíduos com patrimônios superelevados – US$ 30 milhões ou mais – cresceu 13% no ano passado, para 255.810. Esse incremento foi impulsionado pelo aumento dos mercados acionários, crescimento econômico estável, mercados de ativos robustos e taxas de câmbio estáveis ​​em relação ao dólar. Coletivamente, essas 255.810 pessoas acumulam cerca de US$ 31,5 trilhões.

LEIA MAIS: Bilhões de dólares dos super-ricos estão à procura de investimento direto

Por anos, a América do Norte tem sido a força motriz na criação de milionários, mas, atualmente, essa função está sendo passado para a Ásia. A pesquisa descobriu que o número de indivíduos ultrarricos no continente asiático aumentou 19% em 2017, o dobro da taxa de crescimento norte-americana, impulsionado pelo aumento dos níveis de riqueza na China. Como resultado, Hong Kong ultrapassou Nova York como a cidade com a maior população de indivíduos ricos. A ex-colônia britânica viu sua população de indivíduos com patrimônio maior do que US$ 30 milhões crescer 31% no ano passado, para 10 mil, superando os 8,9 mil da Big Apple. Tóquio está entre as três primeiras, enquanto Paris lidera o caminho para a Europa em 5o lugar, com 4 mil pessoas.

Veja, na galeria de fotos a seguir, as 10 cidades com maior número de indivíduos ultrarricos (com patrimônio maior do que US$ 30 milhões) no mundo:

  • 9. Osaka, Japão – 2,7 mil (empate)

  • 9. Washington D.C., Estados Unidos – 2,7 mil (empate)

  • 8. São Francisco, Estados Unidos – 2,8 mil

  • 7. Chicago, Estados Unidos – 3,3 mil

  • 6. Londres, Inglaterra – 3,8 mil

  • 5. Paris, França – 4 mil

  • 4. Los Angeles, Estados Unidos – 5,3 mil

  • 3. Tóquio, Japão – 6,8 mil

  • 2. Nova York, Estados Unidos – 8,9 mil

  • 1. Hong Kong, China – 10 mil

9. Osaka, Japão – 2,7 mil (empate)

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).