10 celebridades mais bem pagas com menos de 30 anos

Como integrante mais jovem do clã Kardashian-Jenner, Kylie Jenner tinha altas expectativas para superar. “Eu me esforcei por um tempo até encontrar algo para fazer sozinha”, disse ela à FORBES.

VEJA TAMBÉM: As celebridades mortas mais lucrativas de 2018

E nem demorou muito. Aos 21 anos, é dona da Kylie Cosmetics, lançada há apenas dois anos, e seu império de produtos para os lábios fez de dela a celebridade mais bem paga e mais rica do mundo com menos de 30 anos de idade. Kylie ganhou US$ 166,5 milhões durante o período analisado, de 1º de junho de 2017 a 1º de junho de 2018, com uma fortuna estimada em US$ 900 milhões.

Ed Sheeran vem na sequência, com US$ 110 milhões. O cantor e compositor britânico fez, aos 27 anos, a maior parte deste patrimônio em uma turnê mundial, mas arrecadou uma boa quantia com a reprodução de suas músicas.

A superestrela brasileira Neymar completa o Top 3 das celebridades com ganhos de US$ 90 milhões. O jogador de 26 anos assinou um contrato com o Paris Saint Germain por cinco temporadas – o que lhe renderá US$ 350 milhões só em salário até junho de 2022. Fora de campo, Neymar tem acordos lucrativos com a Nike e Red Bull, entre outras marcas.

A maioria das celebridades mais bem pagas com menos de 30 anos é formada por atletas. O Top 10 engloba uma estrela da vida real (Kylie), quatro músicos e cinco atletas. A jovem grupo ganhou, junto, US$ 723 milhões em 12 meses, antes de impostos e taxas.

E AINDA: 4 celebridades mais bem pagas da América Latina em 2018

A caçula do clã Kardashian-Jenner é uma das duas únicas mulheres da lista. Embora isso seja, em parte, devido ao número de atletas profissionais, o ranking geral das celebridades mais bem pagas do mundo é altamente desequilibrado – 85% de seus integrantes são do gênero masculino. Isso reflete uma disparidade salarial entre homens e mulheres que, dificilmente, limita-se ao entretenimento. Em 2017, as norte-americanas ganharam US$ 0,82 de cada US$ 1 ganho por um norte-americano.

A única outra celebridade mulher com menos de 30 anos a chegar ao Top 10 é a cantora Taylor Swift. A artista de 28 anos faturou US$ 80 milhões durante o período analisado graças ao álbum e à turnê “Reputation”. Taylor assinou recentemente um novo contrato com a Universal que pode valer até US$ 200 milhões em garantias.

Mas ela não é a única celebridade da lista cujos ganhos cresceram. Canelo Alvarez, agora o maior astro de pay-per-view do boxe após a aposentadoria de Floyd Mayweather, arrecadou US$ 44,5 milhões por sua luta de alta performance com Gennady Golovkin, que gerou 1,3 milhão de compras. Alvarez, de 28 anos, pode se tornar o atleta mais bem pago do mundo no ano que vem, depois de assinar um contrato de cinco anos com o serviço de streaming de esportes DAZN por 11 lutas. O acordo vale, pelo menos, US$ 365 milhões, uma média de US$ 33 milhões por confronto. Com dois embates na DAZN, o pagamento pela luta com Golovkin e vários milhões de dólares de patrocínio, Alvarez vai embolsar pelo menos US$ 120 milhões ao longo de 12 meses.

O levantamento levou em consideração o período entre 1º de junho de 2017 a 1º de junho de 2018. Os números são brutos – antes da dedução de taxas para agentes, gerentes e advogados. Os ganhos levantados são baseados em dados do Pollstar Pro, bem como entrevistas com especialistas do segmento.

LEIA MAIS: 20 celebridades mais bem pagas abaixo de 30 anos

Apesar de apenas 19 das 100 celebridades mais bem pagas do mundo ter menos de 30 anos, os millennials estão mostrando aos seus colegas mais experientes como vencer a corrida pelo sucesso.

Veja, na galeria de imagens a seguir, as 10 celebridades mais bem pagas do mundo com menos de 30 anos de idade.

  • 10. Jordan Spieth

    Spieth ganhou o terceiro grande prêmio de sua carreira no British Open de 2017 e embolsou um cheque de US$ 1,85 milhão. O jogador continua a ser uma estrela comercial, com acordos com dez parceiros como Under Armour, AT&T, Coca-Cola, Titleist e Rolex. A marca Wheaties, da General Mills, colocou-o na capa de suas caixas de cereais em 2017 – ele é apenas o quarto golfista a aparecer no icônico cereal, junto a Arnold Palmer, Jack Nicklaus e Tiger Woods.

    Ganhos: US$ 41,2 milhões
    Profissão: Jogador de golfe

  • 9. Derek Carr

    Os Oakland Raiders mantiveram seu quarterback em 2017 com um contrato estendido por cinco anos e US$ 125 milhões. O negócio rendeu US$ 40 milhões só nos primeiros 12 meses. Derek e seu irmão mais velho David, que foi considerado o número um da NFL Draft de 2002, são grandes figuras no Central Valley, na Califórnia. Ambos foram estrelas no ensino médio antes de frequentar Fresno State. Os irmãos também possuem uma instalação de treinamento esportivo, a Carr Elite, em Bakersfield.

    Ganhos: US$ 42,1 milhões
    Profissão: Jogador de futebol americano

  • 8.Canelo Alvarez

    Saul “Canelo” Alvarez é a maior estrela de pay-per-view do boxe com a aposentadoria de Floyd Mayweather. Suas lutas de 2017 contra Julio Cesar Chavez Jr. e Gennady Golovkin geraram mais de um milhão de compras. O embate contra GGG rendeu a Canelo aproximadamente US$ 42 milhões, graças a 1,3 milhão de PPV e US$ 27 milhões em prêmio. Os patrocinadores, incluindo Under Armour, Tecate, Hennessy e Everlast, impulsionam a conta bancária de sete dígitos do boxeador fora do ringue.

    Ganhos: US$ 44,5 milhões
    Profissão: Lutador de boxe

  • 7. Drew Taggart, do The Chainsmokers

    A dupla eletrônica por trás de “Closer” e “Something Just Like This” está na reta final de sua residência de três anos no Wynn Nightlife para três anos de residência. Cada uma delas – foram mais de 100 no período de apuração da lista – rendeu cheques de seis dígitos. O parceiro de Taggart, Alex Pall, tem 33 anos.

    Ganhos: US$ 45,5 milhões
    Profissão: Músico

  • 6. James Harden

    O Rockets fechou com Harden uma extensão de contrato em 2016 que começa no ano que vem e vale US$ 169 milhões por quatro anos. O acordo também adicionou US$ 20 milhões ao seu salário do biênio 2016-2017 e na temporada passada. O jogador retribuiu aos Rockets com as duas melhores temporadas de sua carreira. A Adidas fez de Harden um dos rostos de sua campanha na NBA, quando assinou um contrato de 13 anos com o até então armador em 2005, que paga até US$ 200 milhões, com royalties e bônus inclusos.

    Ganhos: US$ 46,4 milhões
    Profissão: Jogador de basquete

  • 5. The Weeknd

    Tem sido outro ano marcante para o cantor de “Starboy”, impulsionado por bilhões – sim, bilhões – de reproduções contínuas de seu trabalho e ganhos de sua mais recente turnê em estádio, parte da qual já foi creditada na lista do ano passado. As transações com a H&M, Puma e Bacardi aumentam ainda mais sua conta bancária.

    Ganhos: US$ 57 milhões
    Profissão: Músico

  • 4. Taylor Swift

    Seu novo álbum, “Reputation”, vendeu 1,2 milhão de cópias nos EUA (e 2 milhões em todo o mundo) em sua semana de estreia. Agora, a cantora superstar está lucrando com a “Reputation Stadium Tour”, que a levará de Tampa a Tóquio.

    Ganhos: US$ 80 milhões
    Profissão: Cantora

  • 3. Neymar

    A estrela brasileira assinou um contrato de cinco anos com o Paris Saint-Germain por um total de mais de US$ 600 milhões, sendo que US$ 250 milhões foram pagos ao ex-clube Barcelona para liberá-lo de seu contrato. Os US$ 350 milhões restantes serão pagos em salários até junho de 2022. O jogador de 26 anos trabalha fora do campo com os patrocinadores mundiais Nike, Red Bull, Gillette, McDonalds e Beats by Dre.

    Ganhos: US$ 90 milhões
    Profissão: Jogador de futebol

  • 2. Ed Sheeran

    Com apenas 27 anos, Ed Sheeran é o músico solo mais bem cotado da lista graças às bilhões de reproduções de suas músicas no ano passado e de seus shows em estádios. O músico também tem feito ensaios para Hollywood ao aparecer em participações em “Game of Thrones” e “Os Simpsons”.

    Ganhos: US$ 110 milhões
    Profissão: Cantor

  • 1. Kylie Jenner

    A integrante mais jovem do clã Kardashian-Jenner é a mais bem-sucedida graças à empresa de maquiagem Kylie Cosmetics. Famosa por seus kits para lábios, a companhia, que tem apenas dois anos, possui cerca de US$ 330 milhões em receita e é responsável pela maior parte do salário da recente mãe.

    Ganhos: US$ 166,5 milhões
    Profissão: Personalidade

10. Jordan Spieth

Spieth ganhou o terceiro grande prêmio de sua carreira no British Open de 2017 e embolsou um cheque de US$ 1,85 milhão. O jogador continua a ser uma estrela comercial, com acordos com dez parceiros como Under Armour, AT&T, Coca-Cola, Titleist e Rolex. A marca Wheaties, da General Mills, colocou-o na capa de suas caixas de cereais em 2017 – ele é apenas o quarto golfista a aparecer no icônico cereal, junto a Arnold Palmer, Jack Nicklaus e Tiger Woods.

Ganhos: US$ 41,2 milhões
Profissão: Jogador de golfe

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).