10 jogadores mais bem pagos da NBA em 2019

As estrelas da liga norte-americana de basquete provaram, mais uma vez, que são destaques dentro e fora das quadras com a divulgação da lista dos 10 Jogadores Mais Bem Pagos da NBA em 2019 da FORBES. Neste ano, o pódio é formado por atletas que criaram empresas para gerenciar as oportunidades em mídia, marketing e investimentos.

LEIA MAIS: 10 comediantes mais bem pagos do mundo em 2018

No período de avaliação, os 10 jogadores da lista arrecadaram um total de US$ 540 milhões em salários, contratos publicitários, royalties e acordos com a mídia. LeBron James ficou no topo da lista, com US$ 88,7 milhões em ganhos, incluindo os US$ 53 milhões arrecadados fora das quadras.

Em segundo e terceiro lugares, respectivamente, estão Stephen Curry (US$ 79,5 milhões) e Kevin Durant (US$ 65 milhões). Os três primeiros colocados fazem parte de um grupo exclusivo de jogadores que ganham mais dinheiro fora das quadras do que dentro. Acordos publicitários são a maior fonte do trio, com destaque para marcas de tênis.

Em 2006, LeBron James deu o primeiro passo no ramo do marketing quando lançou o que hoje é conhecida como LRMR Ventures. A criação da empresa publicitária foi seguida pela inauguração da SpringHill Entertainment, uma produtora de Hollywood, em 2008, que já produziu os seriados “The Wall” e “Survivor’s Remorse”. Em 2015, ele expandiu ainda mais seu império com a companhia de mídia digital Uninterrupted, que recebeu um investimento de US$ 15,8 milhões da Time Warner.

O atleta também deixou de renovar seu acordo publicitário de US$ 15 milhões com o McDonald’s, já que se tornou investidor e franqueado da Blaze Pizza. No ano passado, James se juntou a Cindy Crawford, Arnold Schwarzenegger e Lindsey Vonn para lançar a Ladder, empresa de saúde e bem-estar. Sua fortuna é estimada em US$ 450 milhões.

Já Stephen Curry, que ganhou US$ 42 milhões fora das quadras, criou sua empresa SC30 no ano passado para gerenciar investimentos, acordos publicitários, interesses midiáticos e filantrópicos. No mesmo ano, ele também abriu a produtora Unanimous Media, que realizou um acordo com a Sony Pictures Entertainment.

VEJA TAMBÉM: 10 modelos mais bem pagas do mundo em 2018

A produtora se juntou ao Facebook para lançar uma série de documentários sobre o trajeto de Curry na temporada de 2018/2019. O investimento mais recente do atleta é uma turnê de camping – uma série de aulas e treinamentos para jogadores mirins e promissores do esporte.

Kevin Durant completa o Top 3, com ganhos de US$ 35 milhões fora das quadras. No ano passado, o atleta consolidou seus negócios empresariais com a formação da 35 Ventures, que inclui seus acordos publicitários, ofertas midiáticas e investimentos.

Veja, na galeria de fotos abaixo, o ranking com os 10 jogadores mais bem pagos em 2019:

  • 10. Paul George

    Ganhos totais: US$ 38,6 milhões

    Salário: US$ 30,6 milhões

    Patrocínios: US$ 8 milhões

    Em julho do ano passado, George assinou um contrato de quatro anos e US$ 137 milhões com o Thunder. No Oklahoma City, ele se destacou nos jogos e está com a carreira em alta. Seus acordos publicitários incluem Nike, Gatorade, New Era, Bass Pro Shops, 2K Sports e Foot Locker.

  • 9. Blake Griffin

    Ganhos totais: US$ 39,1 milhões

    Salário: US$ 32,1 milhões

    Patrocínios: US$ 7 milhões

    Griffin está no segundo ano de seu contrato de US$ 171 milhões com os detroit Pistons. Na capa da revista FORBES norte-americana, ele anunciou o lançamento de sua produtora Mortal Media, que já tem cinco projetos audiovisuais em desenvolvimento. No último ano, o atleta também acrescentou as empresas Flagstar Bank e Levi’s a seu portfólio de patrocínios.

  • 8. Damian Lillard

    Ganhos totais: US$ 41 milhões

    Salário: US$ 28 milhões

    Patrocínios: US$ 13 milhões

    Lillard está no meio de seu contrato de cinco anos e US$ 140 milhões com o Portland Trail Blazers, que ficou na sexta colocação no Draft da NBA de 2012. O esportista também lançou álbuns de rap com o nome Dame D.O.L.L.A., e a Adidas lançou o quinto modelo de calçado assinado por ele no mês passado.

  • 7. Giannis Antetokounmpo

    Ganhos totais: US$ 43,2 milhões

    Salário: US$ 24,2 milhões

    Patrocínios: US$ 19 milhões

    Nesta temporada, o atleta, conhecido por “Greek Freak”, uma referência à sua origem grega, destacou-se ao ganhar o prêmio de “Jogador do Mês” da liga norte-americana em novembro e dezembro de 2018. Pelo segundo ano consecutivo, Antetokounmpo ficou em segundo lugar na votação dos fãs na categoria “Jogador Favorito da NBA”. A Nike lançará o primeiro modelo assinado por ele em junho deste ano.

  • 6. Chris Paul

    Ganhos totais: US$ 43,7 milhões

    Salário: US$ 35,7 milhões

    Patrocínios: US$ 8 milhões

    O Houston Rockets fechou um contrato notável com Paul no último verão, no valor de US$ 160 milhões. Ele terá um salário de US$ 44 milhões até a temporada de 2021/2022. Paul também é presidente da Associação de Jogadores da NBA e fechou dez acordos publicitários com empresas como Nike, State Farm, Sharpie e Spalding.

  • 5. James Harden

    Ganhos totais: US$ 47,4 milhões

    Salário: US$ 30,4 milhões

    Patrocínios: US$ 17 milhões

    Conhecido como “Barba”, Harden está caminhando para a conquista de sua segunda condecoração como o jogador mais valioso da NBA, com a maior pontuação na história da liga norte-americana desde Wilt Chamberlain em 1960. O jogador fez uma parceria com a Amazon nesta temporada para promover a venda de seus produtos, incluindo seus itens da Adidas, BodyAmor e Beats.

  • 4. Russell Westbrook

    Ganhos totais: US$ 53,7 milhões

    Salário: US$ 35,7 milhões

    Patrocínios: US$ 18 milhões

    No mês passado, a Nike lançou o segundo modelo de tênis assinado por Westbrook. O terceiro calçado com sua assinatura chega às lojas no próximo outono no Hemisfério Norte. Além disso, o atleta fechou o maior contrato da história da NBA, no valor de US$ 207 milhões.

  • 3. Kevin Durant

    Ganhos totais: US$ 65 milhões

    Salário: US$ 30 milhões

    Patrocínios: US$ 35 milhões

    Durant está prestes a estender seu contrato com o Golden State Warriors por mais cinco anos, em uma negociação de US$ 220 milhões, o que marcaria um recorde da NBA. Um de seus desejos é ser dono de um time na liga de basquete. Em 2018, o atleta destinou US$ 10 milhões para abrir o Durant Center no condado de Prince George’s, em Maryland, onde cresceu. O objetivo é ajudar crianças de famílias de baixa renda a chegar à faculdade.

  • 2. Stephen Curry

    Ganhos totais: US$ 79,5 milhões

    Salário: US$ 37,5 milhões

    Patrocínios: US$ 42 milhões

    Recentemente, Curry adicionou as empresas Palm e Rakuten ao seu portfólio publicitário. Além dos US$ 20 milhões anuais pagos a ele por seu nome na camiseta do Golden State Warriors, a Rakuten patrocinará seu camping “Underrated Tour”. A companhia de comércio eletrônico planeja utilizar seu nome para expandir a marca nos Estados Unidos.

  • 1. LeBron James

    Ganhos totais: US$ 88,7 milhões

    Salário: US$ 35,7 milhões

    Patrocínios: US$ 53 milhões

    O atleta se juntou ao time dos Los Angeles Lakers no ano passado, com um contrato de US$ 153 milhões válido por quatro anos. Seus acordos publicitários incluem marcas como Nike, Coca-Cola, Beats By Dre, Blaze Pizza e 2K Sports.

10. Paul George

Ganhos totais: US$ 38,6 milhões

Salário: US$ 30,6 milhões

Patrocínios: US$ 8 milhões

Em julho do ano passado, George assinou um contrato de quatro anos e US$ 137 milhões com o Thunder. No Oklahoma City, ele se destacou nos jogos e está com a carreira em alta. Seus acordos publicitários incluem Nike, Gatorade, New Era, Bass Pro Shops, 2K Sports e Foot Locker.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).