As 15 marcas mais relevantes em 2018

Getty Images
Facebook fica no topo da lista, seguido por Microsoft e Alphabet, dona do Google

Resumo:

  • O W2O Group divulgou a segunda edição do Índice de Relevância, publicado anualmente, com as 15 marcas mais relevantes em 2018;
  • O ranking analisou as empresas da lista Fortune 100 com base em cinco parâmetros diferentes, levando em conta as perspectivas da comunidade financeira;
  • Facebook ficou no topo da lista, seguido por Microsoft e Alphabet.

O ano de 2018 foi difícil no mundo dos negócios, e as marcas tiveram de se esforçar para continuar relevantes entre seus consumidores. Algumas reviravoltas surgiram, com contra-ataques constrangedores para as empresas. O ano também foi repleto de crises de relações públicas causadas por gafes de atendimento ao cliente e CEOs que resolveram fumar cannabis em público, além de violações de privacidade e estratégias frágeis de vendas.

LEIA MAIS: Marcas para ficar de olho em 2019

Tudo isso foi cercado por uma base de consumidores indignados nas redes sociais, prontos para atacar uma marca ofensiva, por exemplo. Por isso, vale a pena analisar as empresas que passaram o ano no topo da lista em termos de relevância para aprender com o sucesso delas.

Essa é a segunda edição do Índice de Relevância publicado anualmente pelo W2O Group, uma rede de empresas digitais, de marketing e comunicação. Em meio à grande variedade de critérios de relevância, como amor, simplicidade, poder e outros fatores, o índice é um novo fator a ser levado em consideração pelas companhias. O ranking analisa as empresas da lista Fortune 100 por meio de cinco parâmetros diferentes: visibilidade de busca como medida de interesse do consumidor; amplificação de conteúdo como medida de engajamento; feedback e comentário dos funcionários; perspectivas da comunidade financeira; e percepções sobre o CEO da empresa.

Com múltiplos critérios, o Índice de Relevância oferece uma visão mais completa da vitalidade da empresa, analisando além de ações específicas da marca. O indicador também oferece algumas perspectivas de como gerar maior relevância entre os principais consumidores. “Reputação é sobre o passado. Relevância é sobre presente e futuro, e sobre como você se mantém presente em um mundo onde as pessoas podem ligar e desligar a qualquer momento”, afirma Gary Grates, diretor do W2O Group.

Veja, no gráfico a seguir, as 15 marcas mais relevantes em 2018:

Forbes

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).