15 países onde os profissionais mais trabalham

GettyImages
Assim como as atitudes em relação ao trabalho mudaram ao longo do tempo e da região, a cultura atual em torno da carga horária muda de país para país

Resumo:

  • 1º de maio é comemorado, em muitos países do mundo, o Dia do Trabalho;
  • Média de horas anuais trabalhadas é de 1.746 segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico;
  • México é o país com mais horas trabalhadas ao ano – 2.257 horas.

Embora a maioria dos norte-americanos conheça a data como o Dia de Maio, um feriado que já foi comemorado com flores e mastros de fitas, a maioria das pessoas em todo o mundo celebra o 1º de maio como o Dia do Trabalho.

VEJA TAMBÉM: 15 países com profissionais super qualificados para seus cargos

A celebração tem sua história nos Estados Unidos de 1886, quando trabalhadores coordenaram um protesto de vários dias, que começou em 1º de maio, em diversas cidades, para lutar por uma jornada de oito horas. No segundo dia de protestos, a violência policial contra manifestantes pacíficos eclodiu em Chicago, em um evento que ficou conhecido como a Revolta de Haymarket. Em 1889, a International Socialist Conference declarou o 1º de maio feriado internacional para o trabalho, conhecido como o Dia Internacional dos Trabalhadores.

A medida ficou em vigor em território norte-americano até 1958, quando o presidente Eisenhower, reagindo às tensões anticomunistas do início da Guerra Fria, assinou uma resolução instituindo a data como o Dia da Lealdade para evitar a associação com os universalistas. O comemoração, no entanto, não teve total adesão no país, e o Dia do Trabalho é celebrado durante o primeiro fim de semana de setembro por lá.

Segundo a Statista, assim como as atitudes em relação ao trabalho mudaram ao longo do tempo e da região, a cultura atual em torno da carga horária muda de país para país. Com informações da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), a empresa de pesquisa fez um levantamento e descobriu que o México é o país onde os profissionais trabalham a maior quantidade de horas por ano – são mais de 2.200. A Costa Rica vem logo em seguida, com pouco mais de 2.000 horas de trabalho por ano. Os Estados Unidos estão apenas 34 horas acima da média da OCDE, enquanto o trabalhador regular alemão tem a menor carga horária – dedica cerca de 1.356 horas anuais à vida profissional, 390 horas abaixo da média da entidade, que é de 1.746 horas.

Veja, na galeria de imagens a seguir, os 15 países com as maiores cargas horárias anuais. Os dados da pesquisa foram coletados de 38 países, entre 2014 e 2018, pela OCDE:

  • 15º. OECD

    Ano: 2017
    Carga horária: 1.746 horas

  • 14º. Estônia

    Ano: 2018
    Carga horária: 1.748 horas

  • 13º. Nova Zelândia

    Ano: 2018
    Carga horária: 1.756 horas

  • 12º. República Checa

    Ano: 2017
    Carga horária: 1.776 horas

  • 11º. Estados Unidos

    Ano: 2017
    Carga horária: 1.780 horas

  • 10º. Polônia

    Ano: 2018
    Carga horária: 1.792 horas

  • 9º. Turquia

    Ano: 2015
    Carga horária: 1.832 horas

  • 8º. Islândia

    Ano: 2017
    Carga horária: 1.857 horas

  • 7º. Israel

    Ano: 2017
    Carga horária: 1.885 horas

  • 6º. Chile

    Ano: 2017
    Carga horária: 1.954 hours

  • 5º. Grécia

    Ano: 2018
    Carga horária: 1.956 horas

  • 4º. Rússia

    Ano: 2017
    Carga horária: 1.980 horas

  • 3º. Coreia

    Ano: 2017
    Carga horária: 2.024 horas

  • 2º. Costa Rica

    Ano: 2018
    Carga horária: 2.121 horas

  • 1º. México

    Ano: 2018
    Carga horária: 2.258 horas

15º. OECD

Ano: 2017
Carga horária: 1.746 horas

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).