9 mães que valem mais de US$ 10 bilhões

GettyImages
Dia das Mães é a terceira data mais rentável para o e-commerce

Resumo:

  • Dia das Mães foi idealizado por Anna Jarvis nos Estados Unidos, em 1907;
  • A data é a segunda mais importante para o varejo físico e a terceira para o e-commerce;
  • Françoise Bettencourt assumiu o posto de mãe mais rica do mundo após o falecimento da matriarca da família, Liliane Bettencourt.

Nascida em 1º de maio de de 1864, Anna Jarvis é conhecida por ter idealizado o Dia das Mães nos Estados Unidos no ano de 1907 em memória à morte de sua mãe. Anos depois, a data foi difundida por inúmeros países pelo mundo e, hoje, é comemorada em diversas regiões durante o mês de maio.

VEJA TAMBÉM: 6 ilhas exclusivas com menus especiais de Dia das Mães

O Dia das Mães, que celebra as matriarcas da família e a maternidade, além de aproximar famílias em um momento de celebração, também é responsável por movimentar o varejo – o período é o segundo de maior importância para as vendas físicas e o terceiro para o e-commerce, perdendo apenas para o Natal e para a Black Friday.

Segundo relatório divulgado pelo Google em parceria com o Serasa, em 2018 o Dia das Mães voltou a ter crescimento expressivo em vendas no Brasil comparado aos cinco anos anteriores. A ferramenta identificou que o termo “Dia das Mães” foi líder nas buscas em datas comemorativas, com 34%. O dia dos namorados ficou na segunda posição com 24%.

Quanto às tendências para 2019, uma pesquisa feita em fevereiro deste ano pelo Google Survey com consumidores brasileiros, identificou que 59% dos filhos pretendem presentear a figura materna na data, sendo que 29% pretende gastar entre R$ 51 e R$ 100. Ainda entre os entrevistados, 6% mais bem abastados responderam que pretendem adquirir presentes acima de R$ 1.000 para suas mães.

Dinheiro, no entanto, não é problema para uma parcela bem pequena da população mundial. Os filhos das bilionárias, no entanto, tem outro dilema. Será que um “singelo” presente de R$ 1.000 faria brilhar os olhos das matriarcas mais poderosas do mundo? Talvez um objeto físico seja efêmero diante da intenção de tentar fazer uma pausa na agenda agitada das famílias bilionárias para passar um momento em família.

Veja, a seguir, 9 mães da lista de bilionários da Forbes que administram o posto de mãe e valem mais de US$ 10 bilhões:

  • 1. Françoise Bettencourt, herdeira de Liliane Bettencourt falecida em 2017
    Filhos: 2
    País: França
    Posição na lista: 15
    Fortuna: US$ 49,3 bilhões

  • 2. Jacqueline Mars
    Filhos: 3
    País: EUA
    Posição na lista: 33
    Fortuna: US$ 23,9 bilhões

  • 3. Suzanne Klatten
    Filhos: 3
    País: Alemanha
    Posição na lista: 46
    Fortuna: US$ 21 bilhões

  • 4. Laurene Powell Jobs
    Filhos: 3
    País: EUA
    Posição na lista: 54
    Fortuna: US$ 18,6 bilhões

  • 5. Abigail Johnson
    Filhos: 1
    País: EUA
    Posição na lista: 71
    Fortuna: US$ 15,6 bilhões

  • 6. Iris Fontbona
    Filhos: 3
    País: Chile
    Posição na lista: 74
    Fortuna: US$ 15,4 bilhões

  • 7. Gina Rinehart
    Filhos: 4 filhos
    País: Austrália
    Posição na lista: 75
    Fortuna: US$ 15,2 bilhões

  • 8. Kwong Siu-hing
    Filhos: 4
    País: China (Hong Kong)
    Posição na lista: 78
    Fortuna: US$ 15,1 bilhões

  • 9. Charlene de Carvalho-Heineken
    Filhos: 5
    País: Holanda
    Posição na lista: 89
    Fortuna: US$ 14,2 bilhões

1. Françoise Bettencourt, herdeira de Liliane Bettencourt falecida em 2017
Filhos: 2
País: França
Posição na lista: 15
Fortuna: US$ 49,3 bilhões

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).