Vazamento de dados chega a custar US$ 8 milhões nos EUA

Uma pesquisa recente mostrou que, das principais empresas de internet dos EUA, o Twitter é o menos confiável quando se trata de manter os dados seguros. Naturalmente, nenhuma empresa possui um método à prova de falhas de proteção de informações, e as conseqüências de um vazamento podem ser graves. Além do efeito negativo sobre a imagem e a reputação, o custo monetário médio de uma violação de dados é alto.

LEIA MAIS: 10 países mais afetados pelo vazamento de dados do Facebook

Segundo relatórios da IBM Security e do Ponemon Institute, os prejuízos são os maiores nos EUA, com média de US$ 7,91 milhões. Embora se possa supor que esses vazamentos são sempre causados ​​por atividades criminosas, cerca de 25% dos casos examinados foram, na verdade, devidos a erro humano. O Brasil ocupa a 12ª posição no ranking, com um gasto de US$ 1,24 milhão.

Veja, na galeria de fotos a seguir, 12 países com maiores gastos decorrentes de vazamento de dados:

  • 12. Brasil – US$ 1,24 milhão

  • 11. Índia – US$ 1,77 milhão

  • 10. Turquia – US$ 2,16 milhões

  • 9. Austrália – US$ 2,53 milhões

  • 8. África do Sul – 2,88 milhões

  • 7. Japão – US$ 3,38 milhões

  • 6. Itália- US$ 3,43 milhões

  • 5. Reino Unido – US$ 3,68 milhões

  • 4. França – US$ 4,27 milhões

  • 3. Alemanha – US$ 4,67 milhões

  • 2. Canadá – US$ 4,74 milhões

  • 1. Estados Unidos – US$ 7,91 milhões

12. Brasil – US$ 1,24 milhão

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).