O Facebook é um bom investimento para você?

iStock
Quando o Facebook diz que as margens operacionais vão cair de cerca de 40% para algo em torno de 30%, ele está dizendo que gastará até 10% das receitas para enfrentar seus desafios

Muitos investidores estão enxergando a queda de 20% nas ações do Facebook como uma oportunidade de compra. Eu tendo a concordar, mas investir na rede social não é para todo mundo.

LEIA MAIS: Facebook identifica campanha de influência política coordenada

Veja, na galeria de fotos abaixo, 3 maneiras de saber se o Facebook é uma boa compra para você:

  • Se ainda não possui ações da rede social

    Se você não possui ações do Facebook, esta pode ser a melhor chance de comprar algumas a um bom preço em muito tempo. Todo mundo quer comprar na baixa e vender na alta. Mas muitas pessoas não conseguem fazer isso porque, normalmente quando os papéis estão baratos, há algo para se temer.

    Se você está confortável com os desafios do Facebook e pode dar à equipe de Mark Zuckerberg, pelo menos, três anos para executar seu plano, este é um bom momento.

    Quando o Facebook diz que as margens operacionais vão cair de cerca de 40% para algo em torno de 30%, ele está dizendo que gastará até 10% das receitas para enfrentar seus desafios. Talvez não seja necessário muito dinheiro para resolver os problemas (o que seria uma boa surpresa), mas certamente levará mais do que alguns trimestres. Não compre as ações se não puder dar à empresa um tempo razoável de execução.

  • Se o Facebook for mais de 10% do seu portfólio

    Se as ações da rede social forem responsáveis por mais de 10% do seu portfólio, não acho que você deva investir em mais – ainda que o preço seja atraente. O motivo é simples: você não quer que seu futuro financeiro dependa do desempenho de uma única empresa, certo? E isso independe do quão confiante você esteja nela.

    Ter 10% do seu portfólio em qualquer ação é um risco que você não precisa assumir, já que o Facebook não é a única opção de investimento. De um modo geral, quando um papel chega a esse limite na sua carteira acionária, é hora de começar a tirar seu investimento original para investir em outra boa ideia.

  • Se o Facebook for menos de 10% do seu portfólio

    Se as ações do Facebook forem inferiores a 5% do seu portfólio, você poderá comprar o suficiente para chegar a esse número e ainda terá muito espaço para que os papéis dobrem antes de ter que reduzir após exceder os 10%.

    Um bom gerenciamento do portfólio é o que permite que um gestor de fundos qualificado faça investimentos sem correr riscos desnecessários.

Se ainda não possui ações da rede social

Se você não possui ações do Facebook, esta pode ser a melhor chance de comprar algumas a um bom preço em muito tempo. Todo mundo quer comprar na baixa e vender na alta. Mas muitas pessoas não conseguem fazer isso porque, normalmente quando os papéis estão baratos, há algo para se temer.

Se você está confortável com os desafios do Facebook e pode dar à equipe de Mark Zuckerberg, pelo menos, três anos para executar seu plano, este é um bom momento.

Quando o Facebook diz que as margens operacionais vão cair de cerca de 40% para algo em torno de 30%, ele está dizendo que gastará até 10% das receitas para enfrentar seus desafios. Talvez não seja necessário muito dinheiro para resolver os problemas (o que seria uma boa surpresa), mas certamente levará mais do que alguns trimestres. Não compre as ações se não puder dar à empresa um tempo razoável de execução.

 

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).